domingo, 28 de fevereiro de 2010

O6/03 – VAGA VIVA E FESTA DE LANÇAMENTO DA MIX TAPE MATILHA

O6/03 – VAGA VIVA E FESTA DE LANÇAMENTO DA MIX TAPE MATILHA

A Matilha reabre suas portas no dia 6 de março com a primeira VAGA VIVA do ano. estão todos convocados para uma tarde de confraternização e música.

A principal atração será o lançamento da primeira mixtape (coletânea musical) produzida pela Matilha. Com a participação do hip hop genuinamente nacional, são 12 faixas que misturam bases jamaicanas de dub step, ragga e dancehall com vocais. Com composições dos MCs Funk Buia, Dada Youth, Zulu, Criolo Doido, Sandrão&Va, Sombra e Bomba, mixagem dos DJs Tano, DanDan, Marco e Wotjila, e a produção musical é dos DJs Gustah, Zulu, Alexandre Basa e RAS [fyadub]. Show na festa de lançamento da mixtape e abertura da programação Matilha 2010!

Durante a tarde, na rua, em frente à Matilha, daremos continuidade ao projeto de ocupação de vagas de estacionamento de carros com bancos, plantas, oficinas, música e vida, na ação VAGA VIVA que acontece todo primeiro sábado de cada mês. A mensagem dessas praças de convivência improvisadas é a retomada do espaço público pelo cidadão. Durante as Vagas Vivas, a Matilha discute e promove a campanha ARBORIZAÇÃO do centro através de coleta de assinaturas, reuniões, oficinas culturais, cinema e música. Nesta primeira edição de 2010, haverá uma oficina de confecção de carteiras com embalagens tetrapack recicladas.

09/03- AQUECIMENTO CENTRAL : HAPPY HOUR NA MATILHA

Na terça, dia 9 de março, das 18h às 22h, acontece a primeira edição do AQUECIMENTO CENTRAL – happy hour na Matilha – sempre com programação musical especial. Neste mês, são os DJs do Clã Leste que comandam as pickups com hip hop, funk etc. Na estréia, Soares & Zinco fazem a trilha sonora. Integrantes do Clã Leste, quarteto de djs que, arraigado na brasilidade, utiliza técnicas de scratches, back to back e beat jugglings para montar suas performances de até seis minutos, influenciadas também pelo rap, r&b, funk & soul, MPB, jazz, rock e drum’n’bass. Um espaço para encontrar amigos, colocar conversa em dia e escutar um som no centro da cidade – e fugir do trânsito do fim de tarde.

13/03 – 17/04 ARTE: SALÃO DOS ARTISTAS SEM GALERIA

A partir do dia 13 de março, a MATILHA recebe o 1. Salão dos Artistas Sem Galeria, projeto do Mapa das Artes. A mostra acontecerá simultaneamente em dois espaços da cidade de São Paulo: na Casa da Xiclet e na Matilha. Organizado pelo jornalista Celso Fioravante, o salão teve 258 inscrições de 12 estados e contou com o curador Cauê Alves e galeristas Daniel Roesler e Monica Filgueiras no júri de seleção. A exposição apresenta trabalhos de dos dez artistas selecionados e pode ser visitada até o dia 17 de abril.

18/03 – CINEMA & MÚSICA: IN-EDIT

Entre os dias 18 e 28 de março, a MATILHA será uma das salas de cinema a receber o festival IN-EDIT, que apresenta documentários musicais com intuito de fomentar a produção do gênero. Para complementar, apresentações musicais também estão previstas. Aguardem programação completa.


SERVIÇO

– sábado 6 de março

VAGA VIVA + LANÇAMENTO MIXTAPE

14h abertura

15h - 18h oficina de produção de carteirinhas com embalagens tetrapack (indicado para crianças a partir de 6 anos e todos que quiserem).

18h show de lançamento da primeira Mixtape Matilha. Participação dos músicos Funk Buia, Dada Youth, Zulu, Criolo Doido, Sandrão&Va, Sombra, Bomba, Tano, DanDan, Marco, Wotjila, Gustah, RAS [fyadub], Alexandre Basa.


- terça 9 de março

AQUECIMENTO CENTRAL – todas as terças

18h -22h Soares & Zinco (Clã Leste) fazem a trilha sonora do happy hour inaugural da Matilha.

- 13 de marco a 17 de abril

1. SALÃO DOS ARTISTAS SEM GALERIA

De terça a sábado. 12h – 22h. Grátis.

- 19 de março a 28 de março

FESTIVAL DE CINEMA IN-EDIT

Confira a programação, em breve no site.

PROGRAMAÇÃO GRATUITA. TODOS SÃO BEM VINDOS. APOIE O ESPAÇO INDEPENDENTE DE CULTURA.

MANIFESTO GANDHIA


Neste sábado passado (27/02/2010) aconteceu o Manifesto Gandhia em frente ao MASP, veja como funcionou o ato de manisfesto.

Como será o ato?

- O primeiro ato do Projeto Gandhia acontecerá este sábado, dia 27/02, às 16h20, com concentração marcada para as 15h30 no Vão Livre do MASP, na Av. Paulista, São Paulo.

- O ato consiste em às exatas 16h20 todos acenderem seu baseado simbólico (de orégano, chá, etc.)

- Faremos o ato todo último fim de semana do mês, sempre contando o número de participantes.

- Estabelecemos uma meta: quando o número de participantes passar de 1.000 faremos o ato simbólico com maconha.

- Além do ato simbólico outras atividades serão incentivadas: levem seus instrumentos musicais, poesias, objetos de arte, revistas, livros, material histórico.

- Haverá uma Bandeira e uma ata para os presentes assinarem. As primeiras 1000 assinaturas ficarão na bandeira que será levantada no Grande dia do Gandhia.


Manual de Conduta para o Ato:

- Não portar drogas ilegais no evento.

- Filmar tudo! Do início ao fim do seu trajeto até o Gandhia no MASP

- Levar um "baseado" de orégano, chá, etc.. para participar do ato simbólico.

- Caso tenha antecedentes criminais, lembramos que pode haver complicações.

- O Gandhia preza pela não-violência. Não provoque a polícia, não se deixe levar por provocações e não reaja a uma possível repressão.

- O ato simbólico acontecerá às 16h20. Tente chegar mais cedo, a concentração está marcada para as 15h30.

- O Gandhia é um movimento aberto e por isso a segurança e condução do evento depende de todos os participantes e deve ser por todos zelada. Colabore!


CARTA DE PRÍNCIPIOS GANDHIA:

- Gandhia:

O Gandhia é um coletivo pacífico que defende a liberdade individual, a legalização da maconha e a liberdade de expressão de maneira clara, explicita e incisiva. Como um projeto politico/cultural queremos a realidade sem hipocrisia no que cerca o assunto e o jeito de lidar com a maconha no Brasil.

- Quem somos:

Somos um movimento de resistência pautado pelo conceito da não-violência. Um coletivo que não faz apologia ao uso de drogas, mas que está cansado de aguardar mecanismos jurídicos lentos e ineficientes face à complexidade da realidade atual. Nosso sentimento é de emergência, pois já estamos cansados da lentidão e do uso oportunista da discussão sobre a legalização.

Temos total divergência com o modelo jurídico repressivo sobre o tema, que representa um véu de hipocrisia sobre uma realidade social e econômica já consolidada. A repressão estatal só contribui para o atraso social, cria uma situação perfeita para o tráfico evoluir e ainda legitima uma violência oficial aos pobres sob a alcunha de "guerra às drogas".

Entendemos que a política repressiva do Estado implica o mau uso do dinheiro público, que poderia ser aplicado na melhora das condições sociais por meio da melhora do sistema de educação, de saúde, de habitação, entre outras necessidades da sociedade.

- Nosso objetivo:

Nosso objetivo é reunir cabeças pensantes que acreditem na mudança através de debates abertos, reuniões democráticas, instalações artísticas, saraus, e palestras. É garantir que pessoas possam se reunir para discutir e se expressar sem medo de repressão. É mostrar que existimos, que não deixamos de fumar por ser proibido e que somos responsáveis, produtivos e conscientes. Quando a meta for alcançada, cada um acenderá seu cigarro de maconha, da mesma maneira como milhares fazem hoje no Brasil e no mundo. Esse ato simbólico quer questionar a hipocrisia que ronda o tema: estamos fazendo o que sempre fazemos, no vão livre do MASP ou não, fumamos. Queremos que a sociedade deixe de fechar os olhos para isso e comece a lidar com o problema que é de maior urgência!

Galera, contamos com a presença e colaboração de todos para a realização de um evento muito bacana.

Obrigado,
Projeto Gandhia!
Amanhã será maior!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

FREE BUJU BANTON

Este site é dedicado à liberdade de Marcos Myrie aka Buju Gargamel Banton. Por uma questão de justiça, acreditamos na sua inocência até que se prove culpado em um tribunal de justiça e, mesmo assim, vamos dedicar todo nosso tempo e esforços para garantir que sua mensagem de paz e amor não esteja perdida.

Para seus fãs leais, visite este site com freqüência para ouvir atualizações no seu caso e ler blogs, comentários, notícias relacionadas e para ouvir as faixas que fizeram Buju Banton um dos maiores ícones do reggae de todos os tempos.

O artigo abaixo foi escrito por Ismael AbduSalaam do site allhiphop.com

Celebrada estrela do reggae Buju Banton está detido em uma prisão federal de Miami depois de sua prisão na quinta-feira (10 de dezembro) por posse de drogas.

Banton, cujo verdadeiro nome é Mark Anthony Myrie, foi registrado com outro homem não identificado após uma câmera de vigilância, que alegadamente, os filmou no processo de transação de drogas.

Autoridades afirmam ter encontrado o cantor com 5 quilos de cocaína, e acusou-o de conspiração por posse com intenção de distribuir.

Banton foi preso no meio do da turnê de 2009. O deejay veterano recebeu uma indicação ao Grammy por seu nono álbum de estúdio Rasta Got Soul, e terminou uma bem sucedida turnê norte-americana. Durante o passeio, Banton também tentou a reconciliação com a comunidade gay. O cantor tinha tido em desacordo com o grupo desde o seu popular hit de 1992 "Boom Bye Bye", que visou a violência contra gays.

Depois de receber anos de protesto, Banton finalmente realizou um sit-down com a comunidade gay em outubro passado. Segundo relatos, o encontro manteve-se civil e produtiva Banton apesar da recusa em renunciar à sua visão do passado.

Se condenado por porte de drogas pendentes, Buju Banton pode pegar até 20 anos de prisão.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

VENCEDORES DO REGGAE GOT TALENT COMPETITION 2009 PROMOVIDO PELA REALITY SHOCK RECORDS


Saudações a todos os artistas, produtores, sounds, apoiadores, DJs do Reggae mundial .. Depois de muita deliberação dos juízes, os resultados do Reggae Got Talent 2009 finalmente saiu! Realmente foi uma decisão impossível para os juízes, como os sons que recebíamos eram de uma qualidade muito alta, todas as idéias foram grandes e bem produzidas. É claro que muitas pessoas tiveram gasto muito tempo e energia neste projecto, o que nós verdadeiramente apreciamos, e como tal, sentimos a responsabilidade de todos os que entraram na brincadeira. Faremos o nosso melhor para conseguir que todos ouçam os sons.

É altamente encorajador todos PARTICIPANTES se unirem um ao outro!! Agora estamos em uma posição única para ter tantas vozes e remixes de todo o mundo .. e é claro que eles são todos os mesmos BPM & teclados .. todos os artistas que entraram com mais de 100 potenciais remixes , tudo que foi necessario é colocar a accapella em cima de qualquer versão, com a permissão do produtor. Da mesma forma os produtores podem linkar para seus artistas com ACCAPELLAS e criar uma série de riddins. Colaborando desta forma, você pode fazer algumas conexões grandes e começar a fazer com que sua música seja ouvida em diferentes países e continentes. Se você adicionar a si mesmo como um amigo para www.myspace.com/reggaegottalent, você vai encontrar muitos dos participantes da lista. Se precisar de ajuda para manter contato com um determinado artista ou produtor, por favor, não hesite em contactar-nos e nós faremos o nosso melhor para colocar você em contato com ele. Lembre-se,música reggae é uma missão e apenas na união que vamos encontrar a força!

Dito isto, alguém tinha de ganhar os prêmios ... No que diz respeito ao processo de julgamento, tentamos ser o mais justo e científico possível. Os juízes receberam as músicas de forma anónima e independente, então não houve atribuição entre os juízes e os participantes foram julgados pela música sozinho (sem ter em conta os antecedentes de artistas ou de experiência). Cada membro da comissão julgadora, em seguida, pegou o seu top 4, e um sistema de pontos foi utilizado para calcular os ganhadores. Apesar de nossos melhores esforços, reconhecemos que não há nenhuma maneira possível de julgar objetivamente a música. Em última análise, resume-se às preferências pessoais do júri, todos os quais comentaram que tinham grande dificuldade em escolher um top 4. No final dos resultados, como segue:

REGGAE GOT TALENT ARTISTS: clique aqui para o download
#1. JUSTICE
#2. DIRTY ADDI
#3. DAN I LOCKS
#4. DON SHARICON

REGGAE GOT TALENT PRODUCERS: clique aqui para o download
#1. RAGGATTACK
#2. ROCK RADIO HERMES
#3. SPEAKAH
#4. LAB FREQUENCY

REGGAE GOT TALENT SOUNDS/DJS: clique aqui para o download
#1. BASS ROCK
#2. SHACK-A-LACK SOUND
#3. REBEL LION
#4. BMC

Nos links você pode fazer o download das músicas do artistas, sounds e produtores escolhidos pelos juízes.

A palavra do Juízes:

"Eu sou muito respeitoso com a quantidade talento e entusiasmo das pessoas por aí que praticam o amor pelo reggae .. É um tempo difícil agora para os próximos artistas e produtores como o negócio da música que é tão competitivo, sendo assim, temos que dar graças por aqueles que chegoram à fase final desta competição .. boa sorte a todos os envolvidos e nunca desistam de seus sonhos. One Love e Jah Bless ". Earl 16

"Fiquei muito impressionado com todos os trabalhos apresentados, tanto por artistas e produtores. Cada concorrente mostrou competência, habilidade e tinha algo único para oferecer. Aqueles que eu escolhi foram os que eu senti algo diferente e que se destacaram aos meus ouvidos. Eu gostaria de incentivar todos os participantes para continuar o que eles estão fazendo porque são todos brilhantes e estrelas brilhando. " Afrikan Simba

Gostaríamos de agradecer a todos os envolvidos, uma vez mais, pela resposta surpreendente e da enorme quantidade de tempo, energia e amor que todo mundo colocou, a todos os artistas, produtores e DJs que contribuíram para tornar possível esta competição e aos muitos sites & rádios que ajudaram a espalhar a palavra através do globo. Ficamos particularmente impressionados com a resposta da comunidade russa, o reggae que deslumbrou-nos com uma série de talentos. Grande respeito a todos na www.reggae-vibes.ru! Esperamos estar de volta no próximo ano com uma nova competição, mais patrocinadores, prêmios, etc. O melhor é que nós aprendemos algumas lições e será mais organizada da próxima vez! Até então, fique abençoado e mantenha a música viva!

Para os interessados, o álbum solo do Solo Banton "Walk Like Rasta' foi lançado, e está disponível a partir www.realityshock.com.

Blessed Love,
Reggae Got Talent Team

REGGAE GOT TALENT 2009 - ARTISTA



REGGAE GOT TALENT 2009 - PRODUTOR 1


REGGAE GOT TALENT 2009 - PRODUTOR 2


REGGAE GOT TALENT 2009 - DJ'S & SOUNDS

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

FYASHOP - JAH MASON - MOST ROYAL - LP

O singjay Bobo Dread JAH Mason é um dos mais excitantes e talentosos artistas na Jamaica hoje em dia. Membro da "David's House" [Casa de Davi] de Capleton, ele chegou ao reconhecimento com dois singles ao ao lado de JAH Cure - "Run Come Love Me Tonight"e "Working So Hard". JAH Mason já lançou centenas de singles na Jamaica por diversos selos incluindo; Stone Love, Harmony House, Flames, HMG, Kickin’, Brick Wall, Kariang, Rashanco, Love Promotion, etc. E faz diversas turnes extensivamente entre Europa e EUA. Seus primeiros dois discos "Keep Your Joy"e "Unlimited" foram lançados com criticas calorosas, com seu terceiro disco "Never Give Up" rapidamente se tornou um best seller.

A história da coloboração com JAH Warrior começou em 2001, quando os dois se conheceram em um show em Londres junto com JAH Mason e Anthony B. JAH Warrior e JAH Mason gravaram três singles naquela noite; "Most Royal", "Rainbow Circle Throne", e "No Joke", todos os três se tornaram killers e estão presentes em qualquer lote de seleção de steppas.

Desde então, JAH Mason retornou para Londres diversas vezes para gravar com JAH Warrior, o resultado, é ouvido nesse LP - MOST ROYAL.

MOST ROYAL - TRACK LIST
1. Intro
2. Most Royal
3. Love How the Youths Them Live
4. Rainbow Circle Throne
5. Can You Feel the Pain
6. Don't Cry
7. No Joke
8. Words of Wisdom
9. Rumours of War
10. So Long
11. I'm So Sure
12. Signs of the Time
13. They Say They Love Us
14. Request
15. Saga





FYASHOP - ATÉ 15% DE DESCONTO

Compras acima de 200,00 - 7%
Compras acima de 300,00 - 10%
Compras acima de 400,00 - 15%

ATENÇÃO - SEM RESERVAS, PRIMEIRO QUE CHEGA, PRIMEIRO A SER SERVIDO.

Pagamento e Envio.
* Envio somente via PAC ou SEDEX, em até 3 dias úteis após o pagamento.
* Pagamento em depósito no Banco do Brasil e PayPal via Cartão de Crédito
* Envie no e mail junto com o título dos discos que você deseja o seu endereço com cep e nome completo.
* Após enviar os dados com cep, lhe passamos o valor do frete.
* Prazo para pagamento são 48hs.
** Taxas do cartão por conta do comprador.

Para fazer o download basta clicar no link; FYASHOP.xls

Para maiores informações basta enviar e mail para: fyadub@yahoo.com.br

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

PROJETO NAVE ADUBADO @ BAILE ESPLENDOR

Eis que é chegada a hora: Baile Esplendor, a sua habitual celebração da dança e elegância, está de volta. Em sua quarta edição, o evento entra no espírito da folia momesca e retorna com a missão de concretizar aquele utópico carnaval que todos desejamos sem jamais encontrar.No dia 13 de fevereiro (sábado), a partir das 23h, o Maestro Mecânico

Seu Osvaldo (foto), de 74 anos, e a jovem dupla Pamela Leme e Stephanie Fernandes, acrescentarão ímpeto folião e tropicalidade caribenha à já consagrada seleção de grandes temas orquestrados do jazz e samba. Ao palco, o grupo Projetonave executará com toques futuristas standards instrumentais latinos e jamaicanos, instaurando na Livraria da Esquina uma festa como não se via desde 1936 no circuito carnavalesco Aruba-Kingston-São Paulo.

Criado com a proposta de trazer ecos da elegância dos anos 1930 e 40 às festas atuais e de permitir aos presentes vibrante nostalgia, o Baile Esplendor tem se consagrado por renovar conceitos de diversão por meio da música. O acolhimento da proposta é imediato. Nas três edições realizadas, em maio, agosto e novembro de 2009, não apenas houve casa cheia, como o público encampou a ideia e caprichou no garbo.

Seu Osvaldo, presente nos dois últimos bailes, traz novamente suacoleção de vinis de big bands, mambos e sambas dos grandes cantores da Era do Rádio. Ele começou a discotecar nos anos 50, quando rodava em suas vitrolas a chamada Orquestra Invisível – formada por Frank Sinatra, Glenn Miller, Benny Goodman e outros expoentes da música americana. As discotecárias Pamela e Stephanie prometem não deixar a festa esfriar com set de neo-swing, marchinhas, jazz latino, ska e calypso.

Grupo do ABC paulista com uma história de 12 anos de apresentações nas principais casas de São Paulo, o Projetonave se transforma em uma orquestra espacial no projeto Adubado. Revisitando temas clássicos da música latina e caribenha, a formação tradicional de big band – sopros, guitarra, baixo acústico e bateria – é turbinada por maquininhas ninjas como Kaos Pads, sintetizadores, samplers e por muito turntablism.

Nas mãos de Akilez (voz, escaleta e samplers), Daniel Gralha (voz, trompete, escaleta e sinterizadores), Marcopablo (guitarra), Alex Dias (contrabaixo), Flavio Lazzarin (bateria, programações, spd-20) e DJ B8 (picapes, Kaos Pads) temas dançantes de nomes como Augustus Pablo, Tito Puente, Skatalites e Arturo Sandoval recebem tratamento contemporâneo e experimental que poderia ser definido como dub latin jazz.

Para estimular a galhardia, a gerência do Esplendor volta a recompensar o público trajado com esmero com dois drinques preparados especialmente para a ocasião: Bahama Mama (frutas tropicais, rum e malibu) e a especialíssima Marguerita de kiwi.

Portanto, nutra seu espírito carnavalesco sem freios: há Baile Esplendor.

Baile Esplendor: Quando os ponteiros se encontram à meia-noite
Show: Projetonave Adubado
Discotecárias: Pamela Leme (Agência Alavanca) e Stephanie Fernandes
Participação especial: Seu Osvaldo, primeiro disque-jóquei do Brasil
Quando: Sábado, 13 de fevereiro, a partir das 23h
Onde: Livraria da Esquina “A” – Rua do Bosque, 1.254 – Barra Funda – São Paulo, SP
Quanto: R$ 20 (porta) e R$ 15 (lista: esplendor@alavanca.art.br)
Censura: 18 anos
Estacionamento: Conveniado (R$ 10)
Telefone: (11) 3392-3089

domingo, 7 de fevereiro de 2010

NAS & DAMIAN MARLEY - DISTANT RELATIVES


Esse é o disco que eu mais estou ansioso pra chegar na minha mão em 2010. Em 2009 a expectativa sobre as faixas foram de todas estavam sendo produzidas com o mais alto padrão de qualidade, dos dois artistas mais importantes do hip hop e do reggae, e continua prometendo em 2010. Abaixo alguns videos promocionais que foram lançados ano passado só para dar um pouco mais tensão para chegar logo a bolachinha. Abaixo um documentário sobre a produção do álbum e uma entrevista para o Emmy.



Exercita seu inglês negão!!!

SUBATOMIC SOUND SYSTEM


Fundado na virada do milênio em Nova Iorque, o SUBATOMIC SOUND SYSTEM construiu uma ascensão mundial com shows explosivos, diversos gênero de produção, e quebrando barreiras com sua adaptação original dos anos 70 dos sistemas de som jamaicanos de reggae mixando técnicas de estúdio a estilos de música moderna somada a tecnologia e performances ao vivo. SUBATOMIC SOUND SYSTEM é gravadora, selo, dj e equipe de produção, banda ao vivo, e promotores de eventos., a crew Subatomic som trabalha em Nova York em todos os campos. Em cima disso, Subatomic Sound System explode mundo afora numa pegada de 11 milhões de ouvintes terrestres dentro e fora da área de NYC, transmitindo na Rádio Nova York, 91.5FM e também na Internet através de Brooklyn Radio.net.

Nascido no auge do frenesi Y2K, uma colisão no meio estúdios e produtores em Nova Iorque, festas e corpos humanos, SUBATOMIC SOUND SYSTEM surgiu. Originou-se como um grupo de músicos experientes experimentando com hip-hop, reggae, dub, dancehall e drum and bass, novas influências, a exposição excessiva à radiação gama logo transformou em um monstro biônico metade homem/ metade máquina no estúdio. Sob o controle de EMCH aka scientifik e Noah, o doktor riddim, SUBATOMIC SOUND SYSTEM foi criado num estilo único de música que emerge entre o tempo do hip hop, o dub, o reggae, a fumaça, e o tempo de dupla energia maníaca do jungle, drum & bass, punk rock, jazz e até tempo. A mistura desses estilos no Reino Unido levaram à formação de estilos como grime, dub-step e broken beat, mas aqui nos E.U. em Nova York, SUBAOMIC SOUND SYSTEM desenvolveu sua própria maneira original. Combinando técnicas de produção nervosa com ambiente musical dub inebriante e ganchos, que reuniu um corpo de música gravada e que foi desencadeada em todo o mundo.

É perigoso brincar com os elementos. A primeira coisa que EMCH aka Scientifik, descobriu quando ele começou a experimentar com Noah Tha Riddim Doktor no Laboratório Subatômico. Ele era inocente o suficiente para começar - um engenheiro como poucos, um guitarrista com formação adequada e um baixista experiente de reggae, e um monte de 45 old school desordenou o lugar. Mas, em seguida, depois dos tubos de ensaio saiu algo, porque nenhum médico ou cientista verdadeiro pode deixar os instrumentos muito sozinho. Logo o laboratório estava tão cheio de equipamentos, cruzando os fios, e as pessoas que a porta para entrar só abria o suficiente para eles cuidadosamente entrar e sair de lado. Um movimento errado pode provocar um incêndio elétrico ... ou pior.

Com certeza, não muito depois da virada do milênio, houve uma enorme explosão. À medida que a fumaça se dissipou, Emch olhou para os pedaços e ficou impressionado pela forma como os mesmos elementos fundamentais eram o cerne de muitas coisas diferentes. Neste momento decisivo, SUBATOMIC SOUND SYSTEM nasceu verdadeiramente. Apesar de suas experiências iniciais levaram a meio milhão de downloads e admiração como ganhar na NYC Red Bull Vinylab DJ uma competição, Emch visualizou um grupo coeso e um som que era ao mesmo tempo abrangente e expansível, onde os sons diferentes e as pessoas podem trabalhar em conjunto para construir com a força de elementos comuns. Os resultados podem ser ouvidas no novo álbum em todas as freqüências onde SUBATOMIC SOUND SYSTEM derrete o som vintage do baixo-reggae e dub pesado, balançando a cabeça com funk e hip hop underground, o pulsar do dancehall, e a febre futurista da selva e do broken beat para desencadear um som construído sobre os elementos que ligam estes estilos universalmente, a ressonância cultural. Em outras palavras, linhas de baixo espessas como molho para manter a cintura sinuosa e Grooves infeciosos, com mc's e vocais femininos.

FREE DOWNLOAD: MEIA HORA DE SUBATOMIC SOUND SYSTEM COM ENTREVISTA E PERFORMANCES NO ESTUDIO BIG HIT RADIO. APRESENTANDO EMCH, NAADA, RHIANNON & LION DADDY CHANDELL. CLIQUE AQUI PARA EFETUAR O DOWNLOAD


FREE DOWNLOAD: UMA HORA DE DURAÇÃO DE SUBATOMIC SOUND SYSTEM, SET DE REGGAE E DUB APRESENTANDO EMCH & DADDY LION CHANDELL. GRAVADO AO VIVO @ Monsterland 05/01/07 EM BUSHWICK, BROOKLYN. CLIQUE AQUI PARA EFETUAR O DOWNLOAD.



sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

DJ STEPWISE APRESENTA GALANG RADIO


Todas as terças, meu bredah Stepwise apresenta a Galang Radio pela Radio Etiope, semanalmente todas as terças feiras as 20h no horário local na Colômbia, onde o programa é reproduzido originalmente e gravado na Califórnia onde Stepwise reside, aqui ele é transmitido as 11h com reprise a 01h da matina, no horário de Brasília. O mais legal, agora da pra ouvir e ver o programa via video. Vou postar alguns dos programas gravados abaixo com alguns convidados especiais. Em março Stepwise está na América Latina novamente, quem sabe a gente não traz ele de volta ao Brasil.

GALANG RADIO FEAT. TANYA STEPHENS


GALANG RADIO FEAT. AUDIOPHARMACY


GALANG RADIO FEAT. JAHDAN BLAKKAMOORE


GALANG RADIO FEAT. CHUCK FENDER & KONSHENS


GALANG RADIO FEAT. ALIKA & ALBOROSIE

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

DISRUPT ----------- (JAHTARI)


Quando eu ouvi um som do Disrupt pela primeira, vou ser bem sincero, não curti muito em uma primeira audição. Achei as batidas "secas", não utilizavam o mesmo contratempo do reggae, não era um stepper nos moldes de JAH Shaka ou Dread & Fred, nem eram encorpadas como as batidas de Hip Hop do DJ Premier. Disrupt tinha cara de Disrupt mesmo, a produção dele, até o momento, ninguém conseguiu copiar.

Disrupt além de ser um ótimo produtor, também fundou o selo Jahtari, do qual hoje diversos outros produtores e artistas estão lançando discos e novos conceitos sobre produção de reggae e dub (que é o que mais nos interessa hoje).

Em breve faço um apanhado sobre a história do selo Jahtari, comentaremos alguns discos lançados por eles, mas no momento nos concentramos no Disrupt.

Disrupt, após alguns anos de experimentação em torno de com o equipamento mais diferentes e estilos (de Gabba sobre a Digital Hardcore Electronica) finalmente cheguei amar dub e reggae de todo o coração. Graças a Christoph principalmente. De a falta de dinheiro e outros possibilies surgiu a idéia de fazer o mesmo Dub com apenas uma ferramenta na mão - um laptop barato. O formato foi chamado de DLR - Digital Laptop Reggae.

As primeiras tentativas de faixas, foram lançadas em maio de 2004, no altamente recomendado netlabel Phonocake, no disco 'A Fistful Of Dub'-EP. Este lançamento acabou por tornar-se uma inovação na batida e uma pequena surpresa, que deram motivação suficiente para nós, exercitamos a coisa toda ainda mais no início e, eventualmente, a nosso próprio selo Jahtari lançado em novembro 2004.

Desde então, Jahtari e o conceito por trás dele praticamente explodiu em muitas maneiras. Primeiro de tudo, uma rede supernice de colegas músicos de todo o globo que produzem suas músicas em um tipo de abordagem semelhante começou a desenvolver e está rapidamente se estendendo ainda mais. Lotes de grandes e - de uma forma - ótimo material novo veio a partir daí.

Nosso grupo de lançamento na NET funny-7" ou no formato Net-EP, do qual Disrupt produz alguns. Nesse meio tempo, encontrou um grande número de pessoas que se parecesse e se identificassem com o som e a abordagem. Pelo menos os números de download e o feedback que recebemo dizem isso. Uma onda de Shows e até uma surpreendente quantidade de material de interesse foram compilados.

Como estamos sempre empurrando o som, a partir do dub, com novas idéias e valores iguais, buscando um som sujo, com peso e uma boa dose de humor, não há fim para o horizonte de bondade que o futuro oferece.

E um futuro bondoso, quer dizer musica gratuita, disponibilizada sem custo algum, com ótimas produções. Foi o que fiz, com o material disponibilizado pelo Disrupt pelo selo Jahtari, que já conta com uma bom número de discos lançados sem cobrança alguma. Clique aqui para efetuar o download.
DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI NO SITE

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!