Pesquisa no FYADUB | FYASHOP

domingo, 5 de setembro de 2010

MATILHA ESPALHA SETEMBRO VERDE PELA CIDADE!!!



Programação multimídia oferece arte, música e cinema na Matilha, além de seminários, oficinas, debates e um circuito de bares, clubes e restaurantes engajados em estimular o consumo consciente entre os jovens. Jaime Prades ganha exposição

São Paulo, agosto de 2010 – A Matilha Cultural preparou, para o mês de setembro, uma programação cultural e um circuito de entretenimento com temas relacionados a mudanças climáticas e consumo responsável. Denominado Setembro Verde e realizado entre os dias 10 de setembro e 10 de outubro, o projeto reúne mais de 50 atrações na Matilha Cultural e em cerca de 20 espaços da cidade de São Paulo.

As atrações audiovisuais concentram-se na Matilha Cultural. A exposição “Matilha Humana”, individual de Jaime Prades, reúne painéis, ícones, instalações e um mural na galeria. Uma mostra de fotos de árvores de São Paulo realizada pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente ocupa a arena. Na programação musical, os já consagrados happy hours de terça (Aquecimento Central) e sexta (Mondo Cane) recebem convidados especiais como Guizado (05/10) e Dubatak (10/09). Já o cinema da Matilha trará o lançamento de três documentários longas metragens que abordam diferentes aspectos da discussão sócio-ambiental: Os Representantes (Brasil, 2009); The Yes Men Fix the World (EUA, 2009) e 2012 – Tempo de Mudança (EUA, 2010). A Matilha também recebe parte da programação do Entretodos – Mostra de Curtas de Direitos Humanos, uma realização da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e do Cinesesc.

Conteúdo

Dos eventos de conteúdo do Setembro Verde, um dos destaques fica para o bate-papo sobre o papel da propaganda e os novos padrões de consumo com o publicitário Marcello Serpa (23/09, na Matilha). Para quem busca entender as relações diretas entre responsabilidade do consumidor e o aquecimento global, as indicações são o debate “Clima e Consumo: como resolver essa equação?”, proposto pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV (GVCes, 15/09) e a oficina “ Água, clima e consumo; ação, reação e percepção” das ONGs IDEC e Vitae Civilis (Matilha, 05/10).

Os debates programados pelo Movimento Nossa São Paulo para os dias 20 e 21, na Câmara Municipal, tem como foco a sociedade do automóvel e no trânsito paulistano. Já para quem estiver interessado em colocar a mão na massa, a boa pedida é a Oficina de Permacultura e Educação Ambiental que será realizada pela Rede Social da Vila Buarque e pelo coletivo Cultive Resistência na Biblioteca Monteiro Lobato/Praça Rotary no dia 26/09.

“Nosso objetivo com o Setembro Verde é criar massa crítica sobre consumo responsável e mudanças climáticas na população jovem da cidade através da cultura e do entretenimento”, explica Rebeca Lerer, diretora de conteúdo da Matilha Cultural. “O desafio era atrair o público jovem a participar dos eventos de conteúdo para ampliar seu conhecimento e capacidade de ação sobre as mudanças climáticas. Por isso, adotamos a estratégia de criar um circuito de entretenimento de festas, shows e gastronomia, que oferece convites VIPs e descontos comoincentivos às pessoas que participarem dos debates, palestras, oficinas, ativismo e mostra de documentários do Setembro Verde ”.

Circuito de shows e festas

Baladas como Lions Nightclub, Berlin, Vegas Club, Studio SP, Sonique, Centro Cultural Rio Verde e Voodoohop realizarão festas temáticas, com distribuição do material do Setembro Verde, Vaga Viva e cota de convites VIPs para o público. Descontos que variam de 15% a 50% em pratos vegetarianos são a contribuição de bares e restaurantes como Goa, Yam, Café Aprendiz, Babek Kebab, Z Carniceria, Volt e Bar Blá. A gestão destes incentivos será feita pela Matilha em parceria com o site Catraca Livre, portal de eventos culturais gratuitos.

Boa parte dos eventos do Setembro Verde é gratuita, como toda a programação da Matilha Cultural e o Estação Catraca, mostra de artes do site Catraca Livre que reúne bandas e pintura ao vivo no Centro Cultural Rio Verde (12/09) e o eco-bazar promovido pelo Espaço Serralheria, na Lapa, com designers que privilegiam o reaproveitamento de materiais ao som da banda Freakheads (19/09). Também há eventos a preços populares, como a programação de filmes engajados do Cineclube Cecília (terças, entrada a R$ 2) e a edição especial do Samba do Monte/Setembro Verde (12/09, entrada a R$ 1).

Para conectar todos os espaços e atividades da programação, será distribuído o livreto Setembro Verde, um catálogo das obras de Jaime Prades acompanhado de textos sobre consumo responsável e redução da poluição individual elaborados pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV (GVCes). Com tiragem inicial de 7 mil exemplares, a publicação traz imagens e idéias sobre consumo responsável e dicas práticas de sustentabilidade e tem a capa feita de papel de sacos de cimento reciclado.

Moda

Em parceria com a estilista e apresentadora de TV, Chiara Gadaleta, a Galeria Mundo Mix aproveita o Setembro Verde para abrir um espaço totalmente voltado a marcas e coleções sustentáveis: o Ser Sustentável com Estilo. Com curadoria da designer, o espaço será permanente dentro da Galeria, mas possui caráter rotativo – a cada dois meses, serão trocadas as marcas, abrindo espaço para outros empreendedores com o mesmo perfil. Para celebrar a abertura do Ser Sustentável com Estilo, no sábado, 25 de setembro, às 14h, será realizado um workshop na Galeria Mundo Mix com o tema “A criatividade a favor da nova era da moda sustentável” ministrado por Chiara.

Concurso universitário de publicidade

A Matilha Cultural é parceira da campanha TicTacTicTac – Hora de agir pelo clima, da 350.org e da ESPM na promoção de um concurso universitárioque visa despertar e engajar líderes mundiais e o público em geral para ações efetivas no combate às mudanças climáticas, no âmbito da CoP 16 que acontece no final do ano no México. A partir do final de agosto e durante o mês de setembro, alunos de Comunicação Social ou Design podem criar campanhas publicitárias tendo como tema a mobilização em torno das questões das mudanças climáticas, trabalhadas nos eventos do Setembro Verde. Os vencedores terão suas campanhas divulgadas nos sites das entidades envolvidas e, possivelmente, na mídia tradicional. A premiação será dia 07/10 em um evento na Matilha Cultural, parte da programação Setembro Verde. Regulamentos e inscrições no site www.tictactictac.com.br.

Mobilização por toda a cidade

Além das atividades culturais, o Setembro Verde vai aproveitar a mobilização do Dia Mundial sem Carros, celebrado anualmente em 22/09, para realizar ações de Vaga Viva em diversos pontos da cidade. A Vaga Viva consiste na transformação temporária de vagas de estacionamento em praças de convivência para pessoas, com o intuito de provocar uma reflexão sobre a relação entre a cidade e o automóvel. Além de apoiar a Vaga Viva promovida pelo Movimento Nossa São Paulo no dia 22 (07h – 19h, ao lado do Conjunto Nacional) e incentivar os espaços participantes a realizarem a intervenção, o Setembro Verde programou, para a noite de 24/09, uma grande ação Vaga Viva no Baixo Augusta para atingir o público jovem que frequenta as baladas da região.

Outra parceria do Setembro Verde é com o Movimento SWU (Start With Us – festival de música que acontece de 09 a 11 de outubro). Além de apoiar os flashmobs programados pelo SWU, a parceria inclui uma cota de ingressos do festival a ser usada como incentivo nos eventos de conteúdo do Setembro Verde.

O encerramento da programação Setembro Verde será marcado com uma intervenção que integrará o movimento 10/10/10, Dia Global de Soluções Climáticas, uma mobilização de grupos locais de mais de 100 países promovida pela 350.org em defesa do clima do planeta.

“Em 2009, fizemos a primeira edição do Setembro Verde apenas na Matilha. Percebemos que havia espaço na cidade de São Paulo para uma programação cultural voltada ao engajamento socioambiental. A adesão de tantos parceiros ao projeto indica que tínhamos razão”, comenta Rebeca Lerer. “Informação e cultura conectam as pessoas. Precisamos dessa conexão para salvar o planeta”, conclui.

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!