FYASHOP - BLACK NOVEMBER (((ATÉ R$ 200,00 DE DESCONTO)))

FYASHOP - BLACK NOVEMBER (((ATÉ R$ 200,00 DE DESCONTO)))
Descontos progressivos na loja de até R$ 200,00.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

REGGAE IN A BABYLON DVD @ FYASHOP

No final dos anos 1970 e início dos anos 1980 foram tempos de agitação na Inglaterra, marcado por batalhas entre a polícia e grupos minoritários. Jovens sul-leste-asiáticos e negros em particular se colocaram sob o fogo cruzado da polícia por se recusar a aceitar o abuso de qualquer um deles ou grupos neo-nazistas como a Frente Nacional. Foi uma das peculiaridades do policiamento britânico no momento em que, quando a juventude asiática ou negra lutou contra skinheads e a polícia, que sempre conseguiu “mostrar-se” de forma a acabar com a "rebelião", mas nunca foi encontrada quando os Skinheads estavam no tumulto. 

Em 1980, as tensões entre a polícia e a comunidade negra transbordou em meio a acusações de brutalidade policial e o racismo, os distúrbios resultantes deixados para trás com danos que ainda eram visíveis quase um mês depois. Eu estava em Londres logo após os motins e ainda havia lojas embarcando mais madeira compensada, a imprensa underground era cheia de histórias de jovens negros sendo apanhados e trabalhando mais por nenhuma razão. Parecia que a polícia foi especialmente dirigida a mais visível entre a minoria negra - Rastafaris - que foram facilmente distinguidos tanto por seus dreadlocks ou as toucas coloridas de malha que usavam para cobrir os seus "dreads" 

A religião rastafari tinha vindo para a Inglaterra com os imigrantes jamaicanos. Ela foi criada como um movimento de libertação dos negros nas favelas da Jamaica e com base nos escritos de nacionalista negro Marcus Garvey. O nome Rastafari vem do nome Imperador Haile Selassie I. Conhecido por antes de subir ao trono da Etiópia, Ras Tafari Makonnen. Em seus escritos, Garvey havia previsto a vinda de um rei negro na África, que conduziria os negros para a liberdade, e quando Selassie foi coroado em 1930, ele foi acreditado para ser esse homem. O auto-intitulado Leão de Judá, não apenas deu seu nome à religião, ele foi levado como um deus na Terra, o mais devoto entre seus seguidores. 

Para o rastafari, o mundo do homem branco, a Babilônia, é uma prisão e ele só será realmente livre quando ele estiver vivendo na terra prometida da África - especialmente a Etiópia. Em seu filme documentário feito em 1978, Reggae In A Babylon, diversas entrevistas ao cineasta alemão Wolfgang com jovens músicos de reggae britânico mostram que, embora nem todos eles eram adeptos rigorosos para os dogmas da religião, eles olham para ela como significativo papel na criação de uma identidade negra para a juventude britânica de ascendência Africana. Um membro da banda Steel Pulse em sua entrevista descreve-se como não ser necessariamente um adepto da religião, mas capaz de apreciar o sentido da história e da identidade que lhe deu.

Reggae In A Babylon acaba de ser reeditado pela MVD Entertainment e é um documento histórico maravilhoso. Nele, o diretor deu a volta e entrevistou várias figuras-chave na cena reggae britânica em 1978, quando estava apenas começando a decolar. Ele não só falou com bandas como Steel Pulse, ele pegou imagens deles tocando ao vivo e em estúdio. A maioria das entrevistas se concentram sobre a história do reggae, dentro e fora da Inglaterra, e sua inter-relação com o Rastafarianismo. Enquanto não há referências diretas a qualquer um dos problemas vivenciados pela comunidade negra da época, uma das entrevistas tem lugar na frente de um quadro de avisos sobre a qual é pendurado um sinal denunciando a Frente Nacional. 

Enquanto Steel Pulse é provavelmente o grupo mais familiar dos entrevistados para o filme, os membros do Aswad, são uma banda rastafari em termos de suas convicções religiosas, e se parecem mais com o que temos vindo a esperar de uma banda de reggae e como ela deve se parecer. Nestes dias de jovens de reggae britânico, os membros do Steel Pulse ainda tinham que deixar crescer o cabelo para formar seus dreadlocks e estão vestidos com suas roupas de rua durante a execução. A música, porém, é reggae puro com todas as características do som firmemente estabelecida. 

Liricamente, Steel Pulse reflete o teor do reggae mais do que qualquer um dos outros grupos entrevistados. Na verdade, há um par de canções cantadas por Jimmy Lindsay, "Aint No Sunshine", por exemplo, que não são muito diferentes da maioria das canções R&B ou Soul em termos de conteúdo. A única diferença real é que as letras eram cantadas com um leve sotaque jamaicano. Curiosamente, como a maioria dos músicos nasceram na Inglaterra, e alguns são ainda da segunda geração de ingleses, muito poucos deles falam com o sotaque que temos vindo a associar com músicas de reggae. 

Quanto à outra característica importante do rastafarianismo (o uso da maconha como um sacramento), existem algumas fotos de pessoas fumando enquanto ouve Aswad tocar. Na verdade, ele recebe apenas uma breve menção por uma pessoa quando lhe pediram para definir Rastafarianismo. Não parece ter sido tão importante para essas pessoas como um todo, poderia ter sido para outros músicos do reggae em outro lugar. 

Uma das surpresas agradáveis sobre Reggae In A Babylon é a alta qualidade de imagem tanto quanto o som, especialmente considerando que foi filmado há trinta anos atrás, e o som foi originalmente mono. As imagens são nítidas e claras, e o som era muito mais limpo do que qualquer disco atual. Quem foi responsável pela remasterização das fitas tem feito um trabalho magnífico. 

1978, na Inglaterra foi um período turbulento, especialmente nas cidades do interior onde o punk e o reggae tomavam raiz entre os jovens e proporcionava um ponto focal para a sua frustração com o "sistema". Reggae In A Babylon, não só nos dá insights sobre algumas das condições sociais que afetam a comunidade negra da época, mas também mostra o papel que tanto o reggae e a religião Rastafari deu como um senso de propósito e identidade. Enquanto não havia uma igreja rastafari ou liderança que as pessoas pudessem se reunir em torno ou seguir, ele ainda atuou como um elemento unificador. Diferentemente das gerações anteriores não iriam se contentar com o papel de servo dócil, e estavam preparados para defender seus direitos. Reggae foi a trilha sonora para essa luta.

Para comprar o DVD entre no link >>> http://www.fyashop.com.br/reggae-in-babylon-dvd-fyashop_624xJM
Entre no link http://www.fyashop.com.br e veja todos os itens a venda.

DÚVIDAS OU COMPRAS, ENVIE E MAIL fyadub@yahoo.com.br ou telefone (11) 9984.4213

> Follow us on Twitter: http://twitter.com/fyadub
> Join us on Facebook: http://www.facebook.com/pages/Fyadub/160165770680892
> See videos on Youtube: http://www.youtube.com/fyadub
> Send e mail to us: fyadub@yahoo.com.br
DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI NO SITE

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!