sexta-feira, 31 de agosto de 2012

SUPER CAT - DEM NO WORRY WE | ANARCHY @ FYASHOP + FREE DOWNLOAD

Super Cat - Dem No Worry We 12 inch @ fyashop
Filho de uma africana-jamaicana e descendente de índios por parte de pai, Super Cat cresceu em Kingson no bairro de Seivright Gardens e conhecei Cockburn Pen, quebrada de dj's como Prince Jazzbo e U-Roy. Nessa época ele tinha mais ou menos uns 7 anos e ia numa casa chamada Bamboo Lawn ver a crew Soul Imperial Sound System. Em determinado momento da vida foi fazer uma audição com Joe Gibbs mas sem sucesso.

Como dj começou a aparecer como Cat-A-Rock, mas pouco depois começou a usar o apelido de Super Cat e depois seu mentor Early B lhe deu o apelido de Wild Apache. Seu primeiro single, foi produzido por Wiston Riley, "Mr. Walker" foi lançado em 1981, lhe dando certa notoriedade e depois foi gravar para Jah Thomas, "Walkathon" e a autoria foi dada como "Super Cat The Indian", e pouco após isso teve de dar uma parada nos trabalhos com música por ter de passar um tempo preso. Em 1984 começou a trabalhar com Early B no Killamanjaro sound system e em meados da metada dos 80 lançou seu primeiro álbum autoral, o clássico "See Boops Deh!" e a música de mesmo título produzida pelo duo Steely & Clevie no riddim "Feel Like Jumping" e também a música "Cry Fi De Youth" que consagrou seu estilo de vocal e letras no dancehall. 

No final dos anos 80 ele começou a trabalhar em suas próprias produções e gravações lançando seu selo "Wild Apache", o primeiro LP que saiu pelo selo foi o "Sweets for My Sweet" e em 1991 lançou "Cabin Stabbin" junto com Nicodemus e Junior Demus. No mesmo ano foi escalado para participar do festival "One Love Concert" em UK, mas acabou sendo cancelada sua participação após o assassinato de Nitty Gritty no qual Super Cat foi inicialmente acusado como suspeito e esclarecidos os fatos, liberado em 1992.  Nesse inicio dos anos 90 Super Cat se mudou para os EUA e assinou contrato com o selo Columbia Records, lançando um dos primeiros álbuns de dancehall por um selo grande, o álbum "Don Dada" de 1992. No ano seguinte a Sony lançou o clássico "The Good, The Bad, The Ugly And The Crazy", do quarteto formado pelo Supercat, Nicodemus, Junior Demus e Junior Cat. 

Super Cat - Anarchy 7inch @ fyashop
Super Cat no inicio dos anos 90 lançou diversos singles que tocaram muito nos bailes (e tocam ainda); "Don Dada" (uma alfinetada em Ninjaman), "Guetto Red Hot" e "Dem No Worry We" com Heavy D (RIP). A parceria com Heavy D iniciou um imenso número de participações em discos de Hip Hop, uma das primeiras aparições foi com o duo Kriss Kross na música "Jump" e em 1993 com o duo novamente na música "It's All Right". Todas essas participações deram a Super Cat o prêmio de "Dancehall Artist Of The  Year (1993) pela revista The Source Magazine. Ele também foi um dos primeiros a fazer colaboração com Notorious Big (RIP) quando estava no inicio de carreira junto com Mary J. Blige, Third Eye e Puff Daddy. Super Cat participou da versão remix de "Dolly My Baby".

A versão de "My Girl Josephine" (original de Fats Domino) junto com Jack Radics foi inclusa na trilha sonora do filme Prêt-à-Porter de 1994. em 1997 Super Cat deu uma flertada com o público do Pop Rock com a banda Sugar Ray na música "Fly". A partir do final dos 90 o que Super Cat mais fez foram participações, como na música "Video" de India Arie, com Jadakiss and THe Neptunes na música "The Don Of Dons" em 2003 e com o grupo 112 (sim o nome do grupo é 112) na música "Na Na Na Na" (bem, acho tanto o nome do grupo como da música péssimos, mas não vem ao caso). Já em 2004, Super Cat perdeu seu amigo e empresário Fred "The Thunder"Donner, e lançou álbum tributo intitulado Reggaematic Diamond All-Stars com participações de Yami Bolo, Michael Prophet, Linval Thompson, Nadine Sutherland, Sizzla e vários outros.

Supercat voltou a dar as caras em 2008 em um show no Madison Square Garden com Buju Banton e Barrington Levy e foi atração principal no festival "Best Of The Best" em Miami no mesmo ano junto com Assassin, Etana, Barrington Levy, Buju Banton, Junior Redi, Tony Matterhorn, Sizzla e Beenie Man. Esse ano (2012) sua música "Dance Inna New York" foi sampleada no single "The Don" no álbum Lif Is Good com Cat fazendo algumas inserções no vocal.  

A mixtape para free download "The Wild Indian" fica a cargo da sound sueca Stereo Steppers e praticamente tem tudo que precisa ser ouvido de Super Cat, faça o download e aproveite. Bless ya!






       
DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI NO SITE

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!