Pesquisa no FYADUB | FYASHOP

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

FYASHOP - TERMOS DE SERVIÇO

1 – DAS CONDIÇÕES GERAIS
A utilização destes termos e condições gerais é absolutamente indispensável à utilização de nossos serviços. Todos os produtos e/ou serviços prestados pelo FYASHOP estão regidos sob tais termos.

2 – DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE
Quaisquer dados pessoais que o usuário informe ao FYASHOP serão tratados com absoluta confidencialidade e não serão transferidos a terceiros. Referidos dados serão inseridos no sistema da empresa e ali remanescerão integralmente protegidos e sigilosos.

3 – DAS OBRIGAÇÕES DOS CLIENTES
3.1 – Das dúvidas e informações
O usuário deverá utilizar o canal principal de contato da loja (fyadub@yahoo.com.br) para se informar de quaisquer dúvidas que tenha, cabendo ao cliente solucioná-las antes de efetuar qualquer compra. Eventualmente, outros métodos poderão ser usados para tirar dúvidas, contudo, mudanças nos pedidos somente serão consideradas se informadas por e-mail e se possíveis de serem atendidas. Os acordos tendo sido feitos e/ou modificados por outros métodos, como softwares de mensagem instantânea, telefone, mídias sociais ou qualquer outra não citada serão por nós desconsiderados para mudança efetiva até que nos tenha sido enviado um e-mail com as informações devidas. Qualquer atraso, erro ou dano por conta da falta do cumprimento desta obrigação é de inteira responsabilidade do cliente.

3.2 – Dos dados do cliente
O cliente deverá nos enviar o o pedido devidamente preenchido via e-mail para o endereço fyadub@yahoo.com.br antes do pagamento de seu produto. Se por ventura o mesmo modificar o seu pedido, deverá nos reenviar o pedido com todas as informações solicitadas no mesmo e-mail. Qualquer atraso, erro ou dano por conta de informações incorretas ou falta de informações, é de inteira responsabilidade do cliente.

3.3 – Da compra
Ao comprar pela nossa loja on line, verifique se os produtos ali inseridos são os corretos. Em caso de links incorretos para produtos e da compra ser processada incorretamente, o FYASHOP não se responsabiliza por trocas ou devoluções. É de obrigação do cliente conferir o seu pedido.

3.4 – Informações
É de obrigação do cliente conferir se as informações enviadas para entrega estão corretas. No caso de compra pela Mercado Pago e Paypal, conferir se o endereço informado é o procedente, no caso do uso do e e mail ou formulário de contato, idem. O FYASHOP não se responsabiliza por qualquer atraso ou engano na entrega por erro de informação dos clientes.

3.5 – Especificações de produtos
É de obrigação do cliente conferir se as especificações dos produtos estão de acordo com as suas necessidades. Caso as informações necessárias não se encontrem no produto especificado, é de obrigação do cliente entrar em contato pelo método de contato principal da loja (e-mail fyadub@yahoo.com.br) para saber das mesmas. O não funcionamento, erro de pedido ou qualquer outra especificação não questionada no ato da compra que afete o funcionamento ou uso do produto para o cliente não é de responsabilidade do FYASHOP.

3.6 – Não realizamos vendas por canais de contato (Facebook, Whatsapp, Chat, Etc.)
O FYASHOP não realiza vendas por canais de contato, esses canais somente são utilizados para tirar dúvidas. Os canais de contato como Facebook, Whatsapp, SMS, etc, não são canais onde é possível realizar o detalhamento da compra, e inserir informações para a conclusão do pedido. Sendo assim, a compra somente é formalizada enviado e mail para fyadub@yahoo.com.br ou diretamente na loja.

4 – FORMAS DE ENVIO E DOS PRAZOS DE ENTREGA
4.1 – Para produtos em estoque
O FYASHOP faz os envios dos produtos em até 3 dias úteis, se tivermos todas as informações fornecidas pelo cliente no pedido, bem como os pagamentos já realizados. Não nos responsabilizamos por atrasos no prazo de entrega sem que tenhamos o pedido devidamente preenchido pelos clientes.

4.2 – Para produtos de importação
Os produtos importados demoram o prazo informado no ato da compra para chegarem. Mas contam com variáveis que não estão em nossas mãos para que os pedidos sejam atendidos no prazo informado em algumas ocasiões. A demora da Receita Federal em analisar os produtos, os atrasos de entregas aéreas ou outros fatores que não estão em nosso poder não são responsabilidade nossa.

4.3 – Da cobrança do frete e outras formas de envio

Todos os produtos são enviados com Código de Rastreamento dos Correios e Seguro, independente da quantidade. 
Esses valores não se aplicam a Equipamentos e Suprimentos para DJ's, devido variação do peso, dimensões do produto e valor do seguro. Nesses casos, informamos o valor do frete por e mail.
Enviamos via Motoboy para São Paulo (Capital e Grande São Paulo). Nos consulte por e mail fyadub@yahoo.com.br

5 – DAS IMPORTAÇÕES, ENCOMENDAS E TAXAS ADICIONAIS
5.1 – Da aplicabilidade
Quando taxas adicionais forem aplicadas, serão direcionadas aos clientes apenas se a loja oferecer tal informação ao cliente no ato da compra ou pedido. Em caso contrário, é de responsabilidade do FYASHOP o pagamento de quaisquer taxas envolvidas na chegada do produto.

5.2 – Das taxas
Os produtos que advém de fora do país estão sujeitos as taxas de armazenamento por parte dos Correios e Receita Federal caso não sejam retiradas num prazo a ser determinado. Tais taxas são aplicadas segundo o entendimento do órgão e não está em nosso poder determinar o valor do mesmo. Caso tais taxas de armazenagem sejam aplicadas aos produtos, elas, bem como as taxas adicionais de armazenamento e multas são de inteira responsabilidade do cliente.

5.3 – Dos prazos para o pagamento das taxas de armazenagem
A Receita Federal estipula um prazo para o pagamento das taxas. O cliente é inteiramente responsável de efetuar o pagamento no prazo. Caso o mesmo não o faça, O FYASHOP não se responsabiliza na perda do produto e assim, no valor empregado na compra do mesmo.

5.4 – Do auxílio do FYASHOP no caso de taxas aplicadas
O FYASHOP se compromete, dentro de suas limitações, a auxiliar o cliente no pagamento de suas taxas oferecendo parcelamentos, métodos facilitadores ou mesmo retirar o produto com valores próprios, se a loja os tiver disponíveis, no intuito do cliente não ser prejudicado. Contudo, o cliente ainda deverá arcar com a responsabilidade do pagamento das taxas para receber seu produto. Quando a loja retirar o produto da Receita Federal com valores próprios, o cliente terá 30 dias a contar da data final oferecida pela Receita Federal para efetuar o pagamento das taxas, caso não o faça ou não se mantenha em contato no caso de dificuldades para tal, o produto passa a ser de domínio da loja.

5.5 – Da desistência do pedido 
Caso o cliente por não ter o valor restante do produto, e quiser o reenvio do valor pago, o FYASHOP não fará a cobrança do valor cobrado pela Receita Federal sobre do valor total empregado na compra, tendo o pagamento do valor total no ato do pedido não devolvido pelo trabalho empregado.

5.6 – O que cobramos;
  • Valor do produto (USD, EUR, GBP) convertido em reais no valor do dia da compra. Os valores enviados por e mail são válidos por 2 dias.
  • Valor do envio do produto do exterior para o Brasil (USD, EUR, GBP) convertido em reais no valor do dia da compra. 
  • 100% do valor total de sinal para encomendar (Produto + Envio: Origem > BR) e o restante do valor na chegada do produto; tributação (se ocorrer), envio para o comprador, embalagem e seguro.
  • Taxas de venda; Alíquota 18%, ICMS 18%, Imposto de Importação e 60% (produto + envio) e 20% de serviço sobre o valor total do produto.
  • Utilizamos como base de calculo o site http://www.tributado.net. Caso tenha qualquer dúvida quanto ao preenchimento das informações entre em contato conosco pelo e mail fyadub@yahoo.com.br
  • Envio do produto para a residência do cliente mediante preços de declarados em Pagamento e Envio.
  • Todas as encomendas que partem do exterior serão com Tracking, para que a loja e o comprador acompanhem a chegada do produto, e liberação aduaneira. 

6 – DE PRODUTOS USADOS OU COM DEFEITO
6.1 - Produto Usado
Um produto usado é um produto que já foi utilizado por outrem,  o nosso convênio se compromete a oferecer produtos que estejam em boa qualidade, obviamente, eles terão marcas de uso, o FYASHOP não se responsabiliza pela insatisfação no caso desses produtos e não realiza a troca dos mesmos.

6.2 - Produto com Defeito
É de obrigação do cliente, informar em até dois dias corridos, a partir da data da entrega ou retirada dos produtos, qualquer defeito ou imperfeição, de quaisquer produtos adquiridos na loja. Após esse prazo não ocorrera qualquer troca ou ressarcimento.

7 - WORLDWIDE SHIPPING
7.1 - ENVÍO A OTROS PAÍSES DE SUDAMÉRICA
Para una mejor experiencia de compra para nuestros hermanos y hermanas en toda América Latina, el FYASHOP incluye todos los valores de destino para cada vecino a Brasil en el vínculo "Pagamento e Envio"; Argentina, Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador, Guyana, Guayana Francesa, Paraguay, Perú, Suriname, Uruguay, Venezuela y las Islas Malvinas. Todos los países mencionados ya tienen el valor de los gastos de envío, para ver sólo haga clic en el link http://www.fyadub.blogspot.com.br/2014/11/fyashop-pagamento-e-envio.html

7.2 - CÓDIGO PARA RASTREAR EL OBJETO
Cada envío se realiza con cada objeto asegurado y el código para rastrear el objeto en el sitio de los Correos en Brasil http://www.correios.com.br. El Plazo de la llegada del objeto se estima por la oficina de correos en Brasil y pueden cambiar según cada país en su llegada.

7.3 - TASAS DE IMPORTACIÓN
Los impuestos de importación podrán ser cobrados por las aduanas para el despacho aduanero de las mercancías y los valores pueden cambiar en función de cada ley. Estos gastos son de exclusival responsabilidad del comprador.

7.4 - PLAZO DE RETIRADA EN CORREO LOCAL
Después de la llegada del objeto algunas oficinas de correos locales establecen plazos para la retirada. Una vez que reciba la comunicación de que su paquete llegó, haga la retirada tan pronto como sea posible. Nosotros aquí en FYASHOP haremos lo posible por dar todo el apoyo que usted tenga sus productos que ha comprado tan pronto como sea posible.

7.5 - Pago
Pago de los pedidos se pueden hacer por el Western Union o tarjeta de crédito internacionales. Las transferencias por Western Union deben hacerse de preferencia en BRL (Real), si es elegido para transferir en USD (dólares estadounidenses), por favor hacer contacto con nosotros. Las informaciones para la transferencia de dinero vía Western Union se hacen por e mail.

8 - RESERVAS
O FYASHOP não realiza reservas de quaisquer produtos na loja. Em sua maioria os itens são repostos no decorrer do tempo e pode-se fazer encomendas entrando em contato conosco (leia o item 5). Qualquer dúvida sobre a disponibilidade de um produto entre em contato conosco pela página contato ou pelo e mail fyadub@yahoo.com.br

9 - INDISPONIBILIDADE
Caso compre um produto e esse esteja fora de estoque e por não ter sido dada baixa nesse item o mesmo estiver disponível na loja, será feita a devolução total do valor (produto + envio) ou pode-se substituir o mesmo por qualquer outro produto do mesmo valor em nosso catálogo a escolha do cliente. 

10 - DESCONTO
10.1. - O FYASHOP concede um desconto somente nos pagamentos realizados em dinheiro na retirada, via depósito bancário ou transferência bancária.

10.2. - O desconto é aplicado somente sobre o valor dos produtos e não sobre o valor do envio. Qualquer dúvida ou informação fale conosco  utilizando as informações da página contato, ou por e mail; fyadub@yahoo.com.br

10.3. - O valor de desconto é progressivo a partir de determinado valor estabelecido pelo FYASHOP, e não são acumulativos:
  • 5% nas compras até R$ 500,00
  • 9% nas compras acima de R$ 500,00
  • 100% de desconto no frete; nas compras acima de R$ 250,00 para SP, RJ, MG e ES.
  • 50% de desconto no frete; nas compras acima de R$ 250,00 para demais regiões. 

11 - GARANTIA
11.1 - Garantia dos Equipamentos e Acessórios:
  • Garantia: 90 dias contra defeito de fabricação.
  • No caso de defeito a despesa com transporte (postagem de ida e volta) será por conta do comprador.
  • Em caso de conserto ou troca do produto mesmo sendo defeito de fabricação as despesas (postagem de ida e volta) serão por conta do comprador.
  • Todos os produtos são novos, não vendemos usados.
  • A garantia não cobre, danos por descargas elétricas, mau uso, produtos que forem abertos pelo comprador, violação de lacres, sinais de manuseio e reparos feitos por técnicos não autorizados.
  • A Garantia são de 90 dias, a contar da data de envio, não aceite a mercadoria em caso de embalagem danificada ou se apresentar sinais que foram abertas, o produto será devolvido e você receberá outro em seguida.
  • Maiores detalhes estão dispostos no Termo de Garantia
11.2 - Garantia dos Discos de Vinil Novos:
O comprador, no caso de notar qualquer imperfeição nos discos novos, deve entrar em contato em até 2 dias corridos após recebe-los ou retira-los. Após esse prazo não haverá qualquer garantia de troca ou ressarcimento dos discos.

11.3 - Garantia dos Discos de Vinil Usados
Conforme o item 3.5 e item 6 dos Termos de Serviço, orientamos a todos tirar todos as duvidas referente a um produto usado. Não nos responsabilizamos pela aparência, qualidade do produto mediante equipamento do comprador, ou insatisfação do mesmo. Pedimos que tire todas as suas dúvidas antes de realizar a compra pelo e mail fyadub@yahoo.com.br


12 - COMPRAS NO DISCOGS
12.1 - Em todas as compras realizadas no discogs por compradores brasileiros, será encaminhada as opções de pagamento via MercadoPago ou dados bancários para depósito ou transferência. Mais informações na página de Pagamento e Envio.

12.2 - O comprador que optar realizar o pagamento via Paypal, deverá arcar com os custos de taxas aplicadas pelo Paypal (+8%). Mais informações na página de Pagamento e Envio.

12.2 - O comprador que não realizar o pagamento após 5 dias após o envio do invoice de pagamento, será negativado com a seguinte informação: "."

12.3 - Caso o comprador faça o pagamento, mesmo após a negativa, será alterado o feedback realizado para positivo, concluindo a compra.

12.4 - Se você tiver qualquer dúvida de como realizar a compra, de como realizar o pagamento, ou qualquer outra informação, entre em  contato conosco pelo e mail fyadub@yahoo.com.br

13 - DUB PACK
13.1 - Como funciona
Os compradores recebem uma série de produtos FYADUB | FYASHOP, por um preço mais acessível com descontos entre 15% e 30% no valor do total dos produtos. 
O preço da caixa é a partir de R$150,00 (+ frete), e você receberá uma caixa com 3 a 7 produtos do FYASHOP. Os produtos são variados e vão desde discos de vinil, cd's, mixtapes, camisetas, livros e ingressos para eventos.
O valor do Dub Pack é o mesmo para pagamentos em dinheiro, depósito, transferência bancária, cartão de crédito ou boleto bancário. Para mais informações sobre formas de pagamento, leia: Pagamento e Envio.
O Dub Pack foi desenvolvido com o objetivo de trazer um pedacinho do fyashop  para a sua casa todo mês dentro de uma caixa com produtos novos e com descontos. Tudo isso com a qualidade que só o fyadub e melhores selos poderiam fornecer.
Buscamos os melhores parceiros e produtos para tornar a qualidade do Dub Pack a melhor possível.
Para facilitar a troca, pedimos que anexe no e-mail fotos do produto com defeito e informe o número do pedido, enviando do endereço de e-mail utilizado no seu cadastro de compra. Estas medidas ajudarão a tornar a troca mais rápida.
Lembrando que se a embalagem estiver danificada, não a receba. Os correios farão a devolução para averiguarmos qual o problema que ocorreu no envio.
Demais informações sobre Trocas e Devoluções, estão dispostos no Item 6 dos  nossos Termos de Serviço.
O FYADUB | FYASHOP trabalha em ambiente online 100% seguro. Seus dados pessoais são protegidos, mantidos em sigilo e segurança pelo MercadoPago - e nem mesmo nós temos acesso aos seus dados de pagamento. 
Todos os envios são feitos com seguro contra perda ou extravio.
Você tem o direito de a qualquer momento receber e corrigir, adicionar ou apagar informações sobre seus dados pessoais armazenados no MercadoPago. Qualquer dúvida ou esclarecimento entre em contato pelo e mail  fyadub@yahoo.com.br
Entre em contato conosco pelo e-mail fyadub@yahoo.com.br ou pelo pelo telefone: (11) 99984.4213
ATÉ QUANDO POSSO COMPRAR O DUB PACK PARA RECEBER A PROMOÇÃO DESTE MÊS? Enquanto houver produtos descritos no Dub Pack em estoque. Após esgotar o estoque, iremos programar os itens para o dub pack para o próximo mês.

QUANTOS E QUAIS PRODUTOS RECEBEREI? A quantidade de produtos varia entre 4 e 7 itens por mês e são descritos no DUB PACK DO MÊS. Os produtos são variados (por selo, formato, itens limitados, etc.) justamente para manter o conteúdo na caixa com lançamentos, ou com itens de colecionador. A cada 30 dias queremos lançaremos uma caixa com produtos novos, e com preços abaixo do valor de catálogo!
OBS: Cores e modelos dos produtos podem variar.

POSSO TROCAR OS ITENS DO MEU DUB PACK? Não, não podem ser trocados. Nós escolhemos os produtos conforme itens em estoque da loja, acordos com fornecedores e selos.

QUANDO EU RECEBO MEU DUB PACK? Você compra o dub pack agora, e iremos prepara-lo para envio assim que o pagamento for confirmado. As caixas começarão a ser enviadas a partir da segunda semana de cada mês.

QUANDO O PAGAMENTO É EFETUADO? Ao comprar, o valor pode ser cobrado no ato da retirada em dinheiro ou cartão (débito e crédito). Pelo MercadoPago você recebe as confirmações de compra e pagamento na sua caixa de e mail.
Lembre-se de conferir sua caixa de Spam, nosso e-mail com o código pode ter ido parar lá.

QUAL É O PRAZO DE ENTREGA E OS MOTIVOS DA COBRANÇA DO FRETE? O prazo de entrega e o preço dependem de sua localidade. Ao registrar seu endereço, o valor é estipulado automaticamente pelos MercadoPago ou pela nossa página PAGAMENTO E ENVIO.

EU NÃO RECEBI MEU DUB PACK! Acesse seu e mail com o número da nossa confirmação e verifique se o cadastro de seu endereço está correto e se a cobrança foi processada. Se estiver tudo certo, aguarde sua entrega. Assim que sua caixa for postada nos correios, você receberá um e-mail com o código de rastreio para acompanhar o andamento da sua entrega através do site dos correios (http://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento/).
Atrasos podem ocorrer em alguns casos, fique de olho no código de rastreio. Caso ocorra algum problema no status da sua entrega, entre em contato conosco para verificarmos o ocorrido.

EU NÃO RECEBI E-MAIL COM O CÓDIGO DE RASTREIO. Mande um e-mail informando esse problema para verificarmos e encaminharmos o seu código de rastreio novamente. Antes, lembre-se de conferir sua caixa de Spam, nosso e-mail com o código pode ter ido parar lá.

CORREIOS FIZERAM A TENTATIVA DE ENTREGA, MAS NÃO TINHA NINGUÉM PARA RECEBER. Os Correios fazem 3 (três) tentativas de entrega. Se não for recebida, a encomenda fica disponível para ser retirada no endereço que for indicado na consulta do seu rastreio, ou retorna ao remetente. Caso retorne ao remetente entraremos em contato para efetuar o reenvio.

MEU PEDIDO CONSTA COMO ENTREGUE, MAS NÃO RECEBI. Entre em contato pelo e-mail fyadub@yahoo.com.br para que possamos verificar o que houve com seu pedido.

GOSTARIA DE TER MEUS PRODUTOS DO FYADUB | FYASHOP. Basta entrar em contato por e-mail fyadub@yahoo.com.br com uma proposta de seus produtos. 
13.8 - Fale conosco

  Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br

FYASHOP - PAGAMENTO E ENVIO

FORMAS DE PAGAMENTO

  • Na retirada em mãos; Dinheiro, Débito e Crédito.
http://www.bb.com.br   http://www.bradesco.com.br   http://www.itau.com.br   http://www.paypa.com.br
    • Mercado Pago - Cartões Visa, Mastercard, Hipercard, American Express, Dinners Club, Elo em até 6x sem juros ou em até 24x com juros, ou Boleto Bancário.
     
    • Serão realizados detalhamento dos valores e prazo de envio da seguinte forma;
    Produto: (discos, adaptador, etc.)
    Embalagem/Caixa*:
    Envio - Valor:

    Prévia de envio em até 3 dias úteis após compensação do pagamento.

    * Valores da caixa para envio do vinil: 7inch - R$ 3,00 e 12inch - R$ 4,00

    INFORMAÇÕES SOBRE O ENVIO
    • Todos os produtos são enviados em embalagens apropriadas para o envio.
    • Todos os produtos são enviados com Código de Rastreamento dos Correios e Seguro, independente da quantidade. 
    • Os valores de envio descritos abaixo, não se aplicam a Equipamentos e Suprimentos para DJ's, devido variação do peso, dimensões do produto, e valor do seguro, nesses casos, informamos o valor do frete por e mail.
    • Enviamos via Motoboy para São Paulo (Capital e Grande São Paulo). Nos consulte por e mail fyadub@yahoo.com.br
    • Preços de envio válidos para até 3 discos (Lp's, 7" e 10"), mais R$ 2,00 por cada incluso no pedido. 
    • Rest of the world, value to send 3 records (7", 10" e 12"). After plus R$ 5,00 per adiccional item.  
    • Para ler informações Pagamento e Envio: http://fyadub.blogspot.com.br/2014/11/fyashop-pagamento-e-envio.html
    • Para ler nossos Termos de Serviço:  http://fyadub.blogspot.com.br/2015/08/fyashop-termos-de-servico.html


    CUSTOS DE ENVIO PARA O BRASIL - VIA CORREIOS
    http://www.correios.com.br

    Destino: São Paulo
    R$ 20.00 (SEDEX)
    Prazo dos Correios: Dia da Postagem + 2 dias úteis

    Destino: Espírito Santo
    Destino: Minas Gerais
    Destino: Rio de Janeiro
    R$ 22.00
    Prazo dos Correios: Dia da Postagem + 5 dias úteis

    Destino: Distrito Federal
    Destino: Goiás
    Destino: Mato Grosso
    Destino: Mato Grosso do Sul
    Destino: Paraná
    Destino: Rio Grande do Sul
    Destino: Santa Catarina
    R$ 34.00
    Prazo dos Correios: Dia da Postagem + 7 dias úteis

    Destino: Alagoas
    Destino: Bahia
    Destino: Ceará
    Destino: Maranhão
    Destino: Paraíba
    Destino: Pernambuco
    Destino: Piauí
    Destino: Rio Grande do Norte
    Destino: Sergipe
    R$ 36.00
    Prazo dos Correios: Dia da Postagem + 9 dias úteis

    Destino: Acre
    Destino: Amapá
    Destino: Amazonas
    Destino: Pará
    Destino: Rondônia
    Destino: Roraima
    Destino: Tocantins
    R$ 38.00
    Prazo dos Correios: Dia da Postagem + 9 dias úteis


    Rest Of The World
    • Ship like Document R$ 65,00 (almost 20 USD, 18 EUR, 16 GBP) >>> Only tracking... not insurance, don't cover damage or lost >>> Invoice send for this method of ship.
    • Ship like Product (Leve Internacional) R$ 120 (almost 37 USD, 34 EUR, 30 GBP) >>> With tracking and insurance, cover damage or lost.
    • Value to send 3 records (7", 10" e 12"). After plus R$ 5,00 per adiccional item. 
    • Please, ask for pictures and samplers before you make a order. 
    • More info contact us, or send a e mail to: fyadub@yahoo.com.br


    Informações Adicionais
    • Para fins de contagem do prazo de entrega, sábados, domingos e feriados não são considerados dias úteis. Postagens ocorridas aos sábados, domingos, feriados e depois do horário limite de postagem (DH), considerar o próximo dia útil como o "Dia da Postagem".


      Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br

    sexta-feira, 28 de outubro de 2016

    LEMBRANDO PHIFE DAWG - A TRIBE CALLED QUEST [ATCQ]



    Phife Dawg - A Tribe Called Quest
    Ao longo de uma carreira extraordinária em um dos grupos mais importantes no hip-hop,O 'A Tribe Called Quest' sempre formou confortavelmente a sua própria trajetória. Foi um dos pioneiros em trazer o 'smooth jazz' no hip hop, e foi irônico ao ajudar a introduzir J Dilla para todos. O seu lugar no hall da fama do hip-hop foi reservado anos atrás... o que torna a infeliz perda de Phife Dawg no início do ano ainda mais dolorosa.

    A chave para essa dinâmica lírica do 'A Tribe…' era uma espécie de yin e yang entre Q-Tip The Abstract e Phife Dawg, o assassino de cinco pés (Phife era baixinho, tinha 1,52 de altura). Enquanto Q-Tip poderia mais flutuante com a caneta e cheio de metáforas, Phife era mais corajoso nas rimas, era mais rua, e sempre hilariante. Phife era uma das cabeças que estavam procurando para ter punchlines espirituosas, e trouxe as espadas, alfinetando qualquer coisa que ele tocou. Algumas das linhas mais memoráveis ​​do 'A Tribe…' saiu da boca de Phife, e só por isso, ele vai dolorosamente saudoso.

    Com a notícia do lançamento do último álbum do A Tribe Called Quest em 11/11/2016, nós relembramos clássicos do ATQB e revemos alguns versos e rimas de Phife Dawg junto com Q-Tip e Ali Shaheed Muhammad. Só deixar o playlist tocar e aproveitar... Dessa vez a tradução é por sua conta.


    “Check the Rhime” (1991)
    Verso: “Now here's a funky introduction of how nice I am/Tell your mother, tell your father, send a telegram/I'm like an energizer 'cause, you see, I last long/My crew is never ever wack because we stand strong.”




    “Electric Relaxation” (1993)
    Verso: “Let me hit it from the back, girl I won't catch a hernia/Bust off on your couch, now you got Seaman's Furniture.”


     
    “Buggin' Out” (1991)
    Verso: “Yo, microphone check one, two, what is this?/The five-foot assassin with the roughneck business/I float like gravity, never had a cavity/Got more rhymes than the Winans got family.”



    “Lyrics to Go” (1993)
    Verso: “Always wanted this 'cause it surely beats a scramble/I'm Jordan with the mic, huh, wanna gamble?”




    “Show Business” (1991)
    Verso: “Seems in '91 everybody want a rhyme/And then you go and sell my tape for only $5.99?/Please nigga, I've worked too hard for this/No more will I take the booty end of the stick.”



    “Award Tour” (1993)
    Verso: “I have a quest to have a mic in my hand/Without that, it's like Kryptonite and Superman.”



    “Phony Rappers” (1996)
    Verso: “Talking 'bout I need a Phillie right before I get loose/Poor excuse, money please, I get loose off of orange juice.”




    “Oh My God” (1994)
    Verso: “Mr. Energetic, who me sound pathetic?/When's the last time you heard a funky diabetic?”




    “Butter” (1991)
    Verso: “I remember when girls were goodie two shoes and now they turning freaks/All of a sudden (“We love you Phife”) ease off ho, my name's Malik.”



    “Skypager” (1991)
    Verso: “If you get your high, then mine is next/The 'S' in skypage really stands for sex/Beeper's goin off like Don Trump gets checks/Keep my bases loaded like the New York Mets.”




    “Can I Kick It?” (1991)
    Verso: “Can I kick it? To my Tribe that flows in layers/Right now, Phife is a poem sayer/At times, I'm a studio conveyor/Mr. Dinkins, would you please be my mayor?”



    “Scenario” (1992)
    Verso: “I'm all that and then some, short, dark, and handsome/Bust a nut inside your eye to show you where I come from.”



    “Vibes and Stuff” (1991)
    Verso: “Party animal I was, but now I chill at home/All I do is write rhymes, eat, drink, shit and bone.”



    “Steve Biko (Stir It Up)” (1993)
    Verso: “Hip-hop scholar since being knee high to a duck/The height of Muggsy Bogues, complexion of a hockey puck.”



    “Jazz (We've Got)” (1991)
    Verso: “Me sweat another? I do my own thing/Strictly hardcore tracks, not a new jack swing/I grew up as a Christian so to Jah I give thanks/Collect my banks, listen to Shabba Ranks.”



    “8 Million Stories” (1993)
    Lyric: “Stressed out more than anyone could ever be/Forever tryin' to clear the samples for my new LP/Everybody knows I go to Georgia often/Got on the flight and I ended up in Boston/With all these trials and tribulations, yo, I've been affected/And to top it off, Starks got ejected.”



    “Clap Your Hands” (1993)
    Lyric: “The worst thing in the world is a sucker MC/Favorite rap group in the world is EPMD/Can't forget the De La, due to originality/And if I ever went solo my favorite MC would be me.”


      Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br

    quarta-feira, 26 de outubro de 2016

    FREE DOWNLOAD :: MAJOR LAZER PRESENTS: CHRONIXX & WALSHY FIRE - START A FYAH MIXTAPE





    Essa é a mixtape mais antiga produzida por Walshy Fire do Major Lazer (lançada em 2012). E apresentou o Chronixx mais versátil, entre o reggae e o hip hop. É uma aula vocal em instrumentais 4x4.

    Você vai ouvir obviamente o roots reggae, mas vai ouvir Chronixx com um vocal fluido em instrumentais de Arrested Develpment, KRS-One, e mais alguns Boom Bap's dos anos 90.

    Essa é a primeira que saiu para download, as outras duas com Kabaka Pyramid e Jesse Royal você consegue fazer o download nos links abaixo:




    Download das faixas separadas no link: mad.ly/e60543

    Tracklist
    1. Start A Fyah
    2. Warrior 3:44
    3. Modern Warfare 6:32
    4. Take it Easy Freestyle (Major Lazer) 10:19
    5. Odd Ras Remix (Major Lazer) 13:15
    6. ZJ Liquid Skit- Behind Curtain/Medly (Major Lazer) 17:11
    7. When I see you 20:09
    8. Ex 24:00
    9. I am Chronixx 25:57
    10. Stepping Hard 27:43
    11. Chronixx Speaks/Perfect Tree 29:46
    12. Plant it 34:32
    13. Somewhere 36:00
    14. Capatilist 38:34
    15. No Love For You Freestyle (Major Lazer)
    16. Free 43:30
    17. Beat & A Mic 46:56
    18. Rain Music 47:52
    19. Di Youth Dem (Major Lazer) 51:00
    20. Artchibella Freestyle (Major lazer) 55:00
    21. Chronixx Speaks/They Dont know 58:10
    22. Get Free Freestyle (Major Lazer) 1:03


      Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br

    segunda-feira, 24 de outubro de 2016

    A ECONOMIA DE MARCUS GARVEY - O DESENVOLVIMENTO PAN AFRICANO




    Marcus Garvey
    Há uma geração desconectada, desde que Garvey e a Nação do Islã, (essa geração atual) que tem estado brincando completamente nas mãos de sua própria opressão, ignorando a economia. O mito de que a pobreza é a piedade na revolução levou a uma revolução que perdeu para seu próprio mecanismo de libertação; impraticável e destinada ao fracasso. A revolução é um privilégio para o alimentar o bem, quem pode se concentrar as suas preocupações para além de uma existência da mão-à-boca, de quem pode resistir as bugigangas e permanecer fiel à missão além da tentação. O sucesso financeiro também significa ter o rendimento disponível para comprometer-se a grandes projetos públicos, que incorporam e consagram valores de libertação. Como então é o mito de um revolucionário, com uma metodologia legítima da pobreza na revolução? Como é revolução, quando ela aperta os grilhões da escravidão? Como é que pode nunca ser uma experiência mais autêntica de luta, quando ela não consegue alcançar os objetivos da luta - o fim da pobreza (culturalmente, espiritualmente e materialmente). - AHS

    Marcus Garvey dirigiu o maior movimento massificado entre afro-americanos na história dos Estados Unidos.


    Seu sucesso fenomenal veio em um momento em que a confiança afro-americana foi baixa, e o desemprego era considerado um modo de vida. Garvey se aproveitou destas condições para construir o impulso para a sua causa.


    Enquanto suas realizações e controvérsias em todo o mundo têm sido analisados ​​por numerosos estudiosos (Rogoff e Trinkaus, 1998), este trabalho investiga os pensamentos econômicos de Marcus Garvey. Especificamente, ele visita a abordagem capitalista de Garvey para o desenvolvimento econômico dos afro-americanos nos Estados Unidos. Foi sugerido por W.E.B. DuBois (1940) que os empreendimentos comerciais de Garvey falharam devido a incompetência e inaptidão econômica. No entanto, o plano de Marcus Garvey para o capitalismo afro-ameriano foi uma enorme contribuição, porque suas malfadadas empresas de negócios se tornaram o modelo processual e conceitual para futuras realizações, no desenvolvimento econômico afro-americano.


    Um povo sem o conhecimento de sua história passada, origem e cultura é como uma árvore sem raízes. - Marcus Garvey

    Booker T. Washington
    Auto-suficiência Econômica 

    Em 23 de março de 1916, depois de se corresponder com Booker T. Washington, Garvey chegou aos Estados Unidos para se conectar ao seu movimento,  para o movimento de (Booker T.) Washington em Tuskegee, Alabama (Stein, 1986). No entanto, Washington morreu antes de Garvey chegar. Stein (1986) observou que Garvey veio para os EUA num momento em que uma nova ordem econômica foi ancorada para a prosperidade americana. Um aumento na varredura em inovações tecnológicas, de técnicas de produção em massa e novas máquinas, aumentaram a produção americana em 13 por cento, enquanto, consequentemente, reduziu a força de trabalho em 8 por cento. Os lucros foram subindo com um aumento de 29 por cento, e na produtividade do trabalhador foi complementada por um aumento de apenas 4,5 por cento dos salários reais. Sindicatos africano-ameriano organizados estavam sofrendo como o poder dos capitalistas americanos que aumentou.

    Garvey tinha admirado abordagem posse do negócio de Washington em direção à autossuficiência. Ele concordou que outras formas de avanço seguiriam o desenvolvimento econômico. No entanto, ele viu uma falha na abordagem de Washington. Especificamente, ele acreditava que incidindo principalmente sobre o avanço empresarial, o indivíduo não seria suficiente para promover o desenvolvimento da comunidade, por causa de motivos de lucro individuais, que impediria o avanço do grupo. A fim de promover os interesses coletivos dos afro-americanos, Garvey procurou usar a tomada de decisão coletiva e participação nos lucros do grupo. Assim, Garvey criou uma versão nacionalista do programa económico de Washington, que resultou na organização massiva apoiado por milhões de afro-americanos (Allen, 1969).


    Garvey acreditava que os afro-americanos eram universalmente oprimidos, e qualquer programa de emancipação teria de ser construído em torno da questão da raça. Em sua mente, os afro-americanos que aspiram a posições de influência, se tivessem oportunidades educacionais, iria colocá-los em concorrência direta com a estrutura de poder branco. No entanto, ele acreditava que dentro de 100 anos, essa posição levaria a conflitos raciais que seriam desastroso para eles (Sertima, 1988). Por isso, sua teoria da separação racial nasceu. Era um estratagema para garantir a auto-suficiência e da igualdade para a raça africana oprimida, mas não sublinhar a superioridade racial. Garvey declarou: 

    O negro é ignorada hoje simplesmente porque ele se manteve para trás; mas se ele fosse tentar se elevar a um estado superior no cosmos civilizado, todas as outras raças ficariam felizes em conhecê-lo no plano da igualdade e camaradagem. - Marcus Garvey (Martin, 1976)

    A urgência que sentia pela independência racial e autoconfiança, existiu porque ele acreditava que os afro-americanos, sofreram em face da enorme superioridade econômica e poder do mundo branco. Ele pensou que eles deveriam se esforçar para primeiro construir uma base industrial sólida, e o sucesso consequente permitiria que os afro-americanos moldassem o seu próprio destino.


     
    Poucos meses depois de sua chegada nos Estados Unidos, Garvey começou a pesquisar a posição econômica dos afro-americanos. Ele escreveu:

    O auge da empresa do negro americano ainda não foi atingido. Você ainda tem um longo caminho para percorrer. Você quer mais lojas, mais bancos e grandes empresas. - Marcus Garvey (Martin, 1976)

    Garvey pensava que precisavam inovar e criar uma nova ideologia, que se encaixam às suas necessidades. Ele não estava falando somente sobre o capitalismo, mas a criação de uma situação econômica onde eles poderiam maximizar os seus interesses econômicos. Em suma, ele estava falando sobre o desenvolvimento econômico.Garvey comparou as comunidades afro-americanas subdesenvolvidos aos países subdesenvolvidos. Ambos são frequentemente explorados, com condições desfavoráveis ​​de comércio e desemprego elevado. Depois de estudar o trabalho do Dr. Robert Love, um porta-voz que organizou os negros na Jamaica, Garvey percebeu que o dinheiro dos impostos pagos pelos afro-americanos, muitas vezes acabam por apoiar os interesses econômicos fora de suas comunidades (Lewis, 1992). Por isso, ele procurou usar os dólares dos impostos, para fazer compras e de apoiar os empreendedores afro-americanos. Dinheiro gasto pelas suas escolas, hospitais e serviços urbanos deveriam ir para empresários afro-americanos, para a criação de um mercado garantido que haveria sempre uma demanda para seus produtos e serviços. Ao dirigir a receita fiscal de volta para a economia, Garvey acreditava que isso iria fomentar o desenvolvimento econômico, sem a necessidade de grandes somas de investimento privado. Portanto, um máximo de retorno para o dinheiro dos impostos seria recebido pelas comunidades (Haddad e Pugh, 1969).



    Promoção do espírito empresarial Africano americano de Garvey 

    Depois de vir para a América, Garvey foi capaz de usar sua extraordinária personalidade para convencer os afro-americanos a investir. Estes investimentos econômicos capitalistas, foram possíveis por causa das palavras poéticas de Garvey de nacionalismo e os sonhos de voltar a África. Na verdade, Garvey foi capaz de levantar grandes somas de dinheiro, para investir em empreendimentos de capital de risco. Foi através desse capitalismo, que Garvey queria alcançar a autossuficiência econômica para afro-americanos. Ele acreditava que a proteção contra a discriminação viria através de independência financeira. Uma vez que uma base econômica forte fosse construída, eles poderiam buscar outros objetivos políticos e sociais. Ele acreditava que essas realizações materiais por meio de esforço empresarial, permitiria afro-americanos a serem igualmente reconhecidos. Deve-se notar que esta filosofia pode ser extraído a partir de Casely Hayford's Gold Coast Leader (Stein, 1986).

    Garvey acreditava que o comércio e a indústria foram os adereços da vida econômica do Estado, comunidade e sociedade como um todo. Nações progressistas se aplicaram no comércio e indústria, e estas atividades previstas ocuparam os que residiam no estado. Você era ou um empregador, um empregado, ou estaria sob a guarda do Estado, e um homem sem o seu próprio negócio ou formação especializada, ficava sempre em desvantagem em ganhar a vida. Grande riqueza é feita de comércio e indústria. Na opinião de Garvey, os afro-americanos que tentaram entrar no negócio, comercial ou industrial, estavam em desvantagem, porque não podiam apreciar a partir de um ponto e subir as escadas. Enquanto outras raças começaram na parte inferior, e escalaram seu caminho para cima, afro-americanos sempre desejavam começar no topo, resultando em fracasso. Garvey disse: "Nenhum sucesso nunca chegou a partir do topo, é sempre de baixo para cima. Ele nunca será um fator industrial ou comercial, até que ele aprendeu os princípios de sucesso comercial e industrial."

    Sem comércio e indústria, um povo perece economicamente. O negro está perecendo, porque ele não tem um sistema econômico. - Marcus Garvey (Martin, 1986)

    Duse Mohammad Ali
    Em 1912, Garvey foi a Londres e estudou com Duse Mohammad Ali. Ali era um historiador e autor, e trouxe à luz a situação dos afro-descendentes em todo o mundo. Sua influência moldou os discursos de Garvey, e o levou a organizar a Universal Negro Improvement Association (UNIA) na Jamaica em 1914 (Vincent, 1971). Tem sido sugerido que o lema UNIA, "Um deus, uma meta, um destino", foi originado por influências islâmicas de Duse Ali em Garvey (Rashid, 2002). Sua abordagem empresarial de negócios para a autossuficiência econômica, espelhado nos esforços de Booker T. Washington, nos Estados Unidos.

    Garvey procurou se encontrar com Washington para descobrir como melhorar o sistema educacional da Jamaica. Depois de chegar nos Estados Unidos, o seu propósito mudou quando ele organizou um braço da UNIA em Nova York. Ele queria criar empresas comerciais de propriedade afro-americana que lhes proporcionam um rendimento adequado. Entre 1918 e início dos anos 1920, os esforços de Garvey estabeleceram uma série de empresas na UNIA.



    Garvey aspirava desenvolver uma linha de transporte internacional que o transportasse passageiros e mercadorias entre a América, a África e as Antilhas. Ao desenhar sobre a mentalidade fique-rico-rápido na forma especulativa dos afro-americanos, ele foi capaz de persuadir os investidores a comprar ações de uma nova empresa de transporte. Consequentemente, a Black Star Line (BSL), a corporação de navio a vapor foi incorporada em 1919. O projeto foi capitalizado exclusivamente por afro-americanos. Compras individuais foram limitados a 200 ações ao preço de cinco dólares cada. No primeiro ano da empresa, investimentos em ações de capital chegou a cerca de US $ 750.000 (USD 7.825 milhões de Dólares em 2002).

    A posse (da empresa) afro-americana, deu aos adeptos de Garvey um sentimento de orgulho e esperança para retornos prósperos. Eventualmente, a BSL comprou três navios. Infelizmente, a empresa não foi capaz de negociar um preço justo no mercado para os navios, com traficantes se aproveitando, e cobrou preços inflacionados para o capital severamente depreciado. Estas compras superfaturadas esgotaram os fundos da BSL, e contribuiu para a sua eventual falência. Em 1922, os navios foram perdidos e a empresa entrou em colapso. A BSL tinha perdido mais de USD 600 mil, e contas a pagar ultrapassaram os USD 200 mil. Nunca houve quaisquer dividendos pago, e o valor dos ativos de investimento da BSL tinha desvalorizado completamente. No entanto, a BSL foi o primeiro empreendimento comercial em larga escala financiado e gerido por afro-americanos. Ele ainda continua a ser uma das maiores empresas de propriedade afro-americana na história dos EUA. Deve-se ressaltar que as bases para as perdas financeiras da BSL, refletiram problemas de mercado que assolaram toda a indústria. A indústria de transporte era em uma recessão ampliada pelo excesso de capacidade de navios de transporte após a Primeira Guerra Mundial. Muitas empresas de transporte não foram capazes de recuperar os seus custos variáveis ​​e, consequentemente, encerraram as operações de negócios.

    Para cumprir o objetivo de aumentar o empreendedorismo, em 1919 a UNIA estabeleceu os Negroes Factories Corporation (NFC) incorporada em Delaware como 200.000 ações, que foram oferecidas por USD 5 por ação (Lewis, 1992). O seu objetivo era promover o empreendedorismo afro-americano nos grandes centros industriais, fornecendo capital de investimento e conhecimento técnico. A empresa ajudou no desenvolvimento de mercearias, restaurantes, uma lavanderia a vapor, uma loja de chapéus, um alfaiate, uma loja de costura, e um negócio de publicação. Garvey encorajou e estabeleceu através da NFC uma fábrica, que produziu os primeiros bonecos afro-americanos. No plano de Garvey, cada empresa individual seria cooperativamente propriedade de membros da UNIA, e eventualmente, ligada a um sistema mundial de cooperação econômica, que simulava uma economia planificada socialista (Lewis 1992). Esta comunidade comercial seria suficientemente grande para que as economias de escala geradas lhe permitissem prosperar, mesmo em face da hostilidade do resto do mundo. Garvey resumiu essa ideia: "Os produtores Negros, distribuidores Negros, consumidores Negros! O mundo dos negros pode ser auto-contido Nós desejamos sinceramente, lidar com o resto do mundo, mas se o resto do mundo não desejar, nós não procuramos." (Martin, 1976). Embora estes investimentos empresariais, fossem em sua maior parte não bem sucedida, eles se tornaram uma base econômica sólida para futuros empreendimentos de negócios afro-americanos.

    A autossuficiência econômica foi mais importante na lista de Garvey, porque ele previu uma depressão que ele pensou que iria prejudicar gravemente os afro-americanos (Lewis e Bryan, 1991). Consequentemente, as tentativas de Garvey para estabelecer a autossuficiência econômica foi além da cooperação entre empresas. A UNIA também atuou como uma agência de serviço comunitário, através do pagamento de (seguro contra) morte e outros benefícios menores para os membros. divisões locais foram obrigados a manter um fundo de caridade com o objetivo de ajudar os membros em dificuldades, ou pessoas carentes da raça. Um fundo de "empréstimos de honra" para membros ativos, e um bureau de emprego para ajudar os membros que procuravam emprego, também foi estabelecido (Martin, 1976).

    Garvey no Capitalismo 

    Os pensamentos de Garvey sobre o desenvolvimento econômico, o levou a considerar os seus pontos de vista do capitalismo e do comunismo. Ele considerou o capitalismo ser necessário no processo de desenvolvimento humano, mas expressou dificuldade com os resultados de seus usos desenfreados. Ele comentou: "Parece estranho e paradoxal, mas o único amigo conveniente do trabalhador negro, ou (qualquer) trabalhador tem na América no momento presente, é o capitalista branco. O capitalista sendo egoísta, está buscando apenas o maior lucro fora do trabalho -. É disposto e contente em usar o trabalho do Negro, sempre que possível em uma escala, razoavelmente, abaixo do salário médio da união branca" (Jacques-Garvey, 1969). Foi a crença de Garvey de que os capitalistas brancos toleravam os trabalhadores afro-americanos, só porque eles estavam dispostos a aceitar um padrão mais baixo do salário que os trabalhadores brancos sindicalizados. Se, no entanto, os trabalhadores americanos africanos se organizassem, e fossem sindicalizados exigindo salários comparáveis ​​como os homens brancos sindicalizados, a preferência do emprego iria para o trabalhador branco.

    Garvey teve como objetivo reformar a natureza social-democrata ao invés de tentar erradicar o sistema capitalista. Ele sentiu que o sistema capitalista deu aos afro-americanos a chance para ter o emprego competitivo, e também lhes deu a oportunidade de fazer lucro com  seu trabalho. Henderson e Ledebur (1970) observou que Garvey favoreceu limitações estritas sobre o montante dos rendimentos, ou de fundos para investimento controladas por pessoas físicas e jurídicas. Somas acumuladas acima destes valores devem ser apropriados pelo Estado. O estado também deve expropriar, sem compensação, os ativos dos capitalistas e corporações que começaram guerras e conflitos, a fim de promover seus próprios interesses financeiros. Ele tentou implementar essas ideias, organizando seus empreendimentos comerciais ao longo das linhas de cooperação e colocando um limite máximo para o número de ações que qualquer pessoa poderia possuir. Em sua mente, essas ações foram tentativas de pessoas pobres para estabelecer "um sistema capitalista de sua própria gente, para combater o sistema capitalista sem coração da classe dominante magistral" (Martin, 1976).

    Garvey sobre o comunismo 

    Garvey sentiu que o comunismo era a criação de um homem branco para resolver seus próprios problemas políticos e econômicos. Ele acreditava que o partido comunista queria usar o voto afro-americano "para esmagar e derrubar" a maioria branca capitalista, e para "colocar o seu grupo majoritário ou raça ainda no poder, não só como comunistas, mas como homens brancos" (Jacques-Garvey de 1969). Para ele, sugerir a entronização da classe trabalhadora branca sobre a classe capitalista da raça. Ela nunca foi destinada para a emancipação econômica ou política dos afro-americanos, mas sim para aumentar a capacidade de ganho dos trabalhadores das classes mais baixas. Garvey disse: "É uma teoria perigosa da reforma econômica e política, porque pretender colocar o governo nas mãos de uma massa branca de ignorantes, que não têm sido capazes de destruir seus preconceitos naturais, no sentido contra  negros e outras pessoas não-brancas. Embora possa ser uma coisa boa para eles, vai ser uma coisa ruim para os negros, que vai cair sob o governo da classe mais ignorante preconceituosa de raça branca" (Nolan, 1951).

    Os comunistas esperavam capturar o movimento UNIA gerado pelo apelo magnético de Garvey, sobre as massas afro-americanas. O ato do partido comunista convidando-o a se juntar a eles era para apoiar a teoria de que eles eram comunistas também. Daí um empregador branco seriam confrontado com a escolha de contratar qualquer comunista branco ou um comunista afro-americano, e o apelo da raça daria ao comunista branco uma vantagem. O plano de Garvey foi deixar os comunistas lutarem suas próprias batalhas. Os Afro-americanos precisavam aproveitar as oportunidades que foram apresentadas durante a luta, sem entrar na luta. O perigo do comunismo para Garvey, é que eles procuravam o voto minoritário para subjugar e tornar-se uma potência dominante. Ele acreditava que os comunistas ainda eram homens brancos, que ainda buscavam tirar proveito dos afro-americanos. Consequentemente, Garvey desaconselhou apoiar o partido comunista, ou ele seria o culpado da transferência do governo da inteligência para o ignorância (Martin, 1986).


    Conclusão 

    Na perspectiva da história, Marcus Garvey foi um sucesso fenomenal. Através da acumulação de capital de risco, Garvey procurou combater a desigualdade capitalista através de métodos capitalistas de organização econômica. Isso deu aos afro-americanos um senso de unidade, e deu a esperança de uma melhor maneira de viver. No entanto, a filosofia econômica de Garvey para o sucesso empresarial estava fadado ao fracasso nos Estados Unidos. Suas ideias foram prejudicados por numerosas falhas teóricas e conceituais. Especificamente, ideias econômicas de Garvey, que não cumpriam as exigências do desenvolvimento do século XX. Na verdade, era a própria inépcia econômica pessoal de Garvey e sua falta de vontade de evoluir suas atividades pró-capitalistas que levaram à sua falências de empresas. Ele não conseguiu descobrir que havia teorias econômicas aplicáveis ​​à circulação africana americano que não seja a acumulação de capital de risco.

    Ao nacionalismo de Garvey faltava a igualdade racial e de pensamento econômico, para resolver os problemas da pobreza e os direitos políticos necessários para o sucesso econômico afro-americano. Enquanto ele não apoiou abertamente qualquer sistema econômico importante, a sua filosofia para o indivíduo limitado e a propriedade corporativa ajudaram a rotulá-lo um "welfare state liberal" (Vincent, 1971). Resta, no entanto, que a Black Star Line foi um marco na história afro-americana, fornecendo um modelo para a construção de empreendimentos empresariais. Na verdade, o plano de Marcus Garvey para o capitalismo afro-americano foi um enorme desenvolvimento. As malfadadas empresas comerciais de Garvey, se tornaram o modelo processual e conceitual para futuras realizações no desenvolvimento econômico afro-americano.


    Referencias


      Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br

    DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

    O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!