sexta-feira, 18 de agosto de 2017

THE WORLD OF MARCUS GARVEY: RACE AND CLASS IN MODERN SOCIETY (INGLÊS)




Nos anos durante e depois da Primeira Guerra Mundial, o pan-africanista Marcus Garvey liderou o que foi chamado o maior movimento de massa internacional dos negros no século XX. Ele e sua organização, a Associação Universal de Melhoria do Negro (UNIA), construíram uma linha de navio a vapor, expedições patrocinadas para a Libéria, organizaram convenções internacionais anuais, inspiraram muitas empresas comerciais negras, aprovaram candidatos políticos negros e promoveram o estudo da história e cultura negra.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR

Judith Stein não escreveu uma biografia convencional, embora Garvey seja o personagem central. O livro é mais um estudo sobre a ideologia e o apelo de Garvey e da UNIA e a base social do seu apoio. Stein examina o movimento de Garvey à luz da dialética da raça e da classe que a moldou. Enquanto outros historiadores descreveram o Garveyism de forma diversificada como um dos direitos dos direitos civis ou Black Power, Stein coloca Garvey e a UNIA cuidadosamente no contexto da política e da economia negra internacionais da época. Ela analisa as maneiras pelas quais a UNIA foi uma resposta à revolta social e política da Primeira Guerra Mundial e suas consequências. Garvey e outros líderes da UNIA fizeram parte de uma elite internacional de negros que aplaudiram o triunfo do capitalismo, embora tenham desrespeitado a discriminação racial da nova ordem, que negou a pessoas como eles lugares de prestígio. Sua resposta à exclusão do mundo econômico ocidental dominante foi a construção de instituições negras modeladas sobre as de elites brancas. A Black Star Line, a empresa de navios a vapor da UNIA, era apenas um empreendimento, e embora o objetivo de Garvey de incorporar a classe trabalhadora negra em seu movimento parecia promissor, brevemente após a Primeira Guerra Mundial, ele finalmente falhou. A promessa do Garveyism, apoiada por ideologias geradas pelos novos movimentos sociais da década de 1920, foi prejudicada pelo esforço condenado dos líderes da UNIA para adaptar um modo de operação burguês a um movimento de massa. O Garveyism foi fatalmente falho pela disjunção final de seus métodos de elite e base de massa.

Além de sua reavaliação de visões padrão de Garvey e Garveyism, Stein lança nova luz sobre o assunto com o uso de novas fontes. Entre as mais interessantes são as entrevistas com sobreviventes de Garveyitas e relatórios sobre Garvey por agentes das organizações de inteligência do governo federal.

Judith Stein é a primeira historiadora a levar a sério o Garveyism e tratá-lo por direito próprio como produto de seu próprio tempo. O estudo resultante deve ser de grande interesse para qualquer pessoa interessada em Garvey, seu período histórico ou as formas em que seu trabalho e ideologia que ainda nos influenciam hoje.

The World of Marcus Garvey: Race and Class in Modern Society
Capa comum: 320 páginas
Editora: LSU Press; Edição: Reprint (1 de janeiro de 1991)
Idioma: Inglês
ISBN-10: 080711670X
ISBN-13: 978-0807116708
Dimensões do produto: 15,3 x 1,8 x 22,9 cm
Peso do produto: 431 g



Siga o Fyadub nas redes sociais:
- Twitter: http://www.twitter.com.br/fyadub
- Facebook: http://www.facebook.com/pages/Fyadub
- Youtube: http://www.youtube.com/fyadub
- Instagram: https://www.instagram.com/fyadub.fyashop

   Twitter   https://www.instagram.com/fyadub_fyashop/   http://www.youtube.com/fyadub  http://www.discogs.com/seller/fyashop/profile   http://fyadub.blogspot.com.br/p/fyashop-teste_22.html   fyadub@yahoo.com.br
DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI NO SITE

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!