segunda-feira, 8 de outubro de 2012

SIZZLA KALONJI @ FYASHOP + FREE DOWNLOAD

Sizzla Kalonji
Miguel Orlando Collins, mais conhecido como Sizzla Kalonji ou simplesmente Sizzla nasceu em Kingston em 1976 e cresceu em August Town e foi estudante de Engenharia Mecânica em Dunoon High School. Sizzla é um dos músicos mais conhecidos e importantes do reggae contemporâneo. Sua ascensão comercial e o numero de singles e álbuns lançados ainda não conseguiram ser atingidos por nenhum outro. Até o ano passado (2011) ele já havia lançado mais de 65 álbuns solo e incontáveis singles e duplates que já não podem ser contados. 

Sizzla testemunhou a ascensão do dancehall e junto o estilo de vida de quem vivia o dancehall; drogas, armas e o slackness. Em meados dos 90, na sua adolescência Sizzla adotou a fé a filosofia Rastafari em sua vida. Ele se juntou a Ordem Bobo Shanti e mudou tanto a sua prória vida como a de muitos. 

Sizzla começou seus trabalhos na musica com o sound system “Caveman Hi Fi” (abaixo uma mixtape de Sizzla junto com Caveman Hi Fi). Ele usou a musica como veículo para passar a mensagem do Rastafari e a filosofia de vida que levava na época, o Bobo Shanti. Mas seu primeiro start realmente foi 1995 quando “Bobby Digital” Dixon produziu diversos singles com Sizzla pelo selo “Zagalou”. Sizzla iniciou junto com diversos outros artistas, entre eles Luciano “The Messenger”. Foi com Luciano que Sizzla fez uma de suas primeiras turnês e conheceu diversas personas importantes na musica. 

Dentre essas pessoas, Sizzla conheceu Homer Harris, o cara que foi mentor e produtor de Buju Banton e apresentou Sizzla para o notório saxofonista Dean Fraser e o produtor e diretor Phillip “Fatis”Burrel do selo “X-Terminator Family” – que se pode dizer um dos produtores e descobridor de talentos mais importantes dos anos 80 até o final dos anos 90. O ano de 1996 foi talvez o mais importante de Sizzla, sendo um divisor de águas de seu trabalho na musica. Sizzla e Fattis fizeram uma turnê juntos e Sizzla lançou diversos singles de sucesso e seu primeiro álbum “Burning Up”. Sizzla esteve trabalhando junto de Fattis até o seu falecimento em dezembro de 2011. 

Fattis e Sizzla trabalharam juntos no álbum “Praise Ye Jah” lançado pelo selo JetStar e foi seguido por “Black Woman & Child” produzido por Bobby Digital no mesmo ano. As duas musicas que deram títulos aos álbuns se tornaram o que pode se dizer de hinos alem de tantos outras produções importantes que firmaram o trabalho de Sizzla no final dos anos 90. Musicas como “Like A Mountain”, “Babylon Cowboy”, “Kings Of The Earth” e “Build A Better World” junto com Luciano. Nos anos seguintes, Sizzla, Fattis e Bobby Digital lançaram mais e mais singles de sucesso com Sizzla. 

Em 1998 Sizzla recebeu sua primeira indicação ao premio “Best International Reggae Artist Of The Year”pela MOBO Awards garantido pelas varias listas TOP 100 de discos em revistas. Dois discos notórios em 1998 e 1999 foram “Kalonji” e “Royal Son Of Ethiopia”. Em 1999 Sizzla recebeu sua segunda nominação ao premio MOBO. Até hoje, Sizzla permance sendo um dos artistas mais importantes do reggae em todo o Mundo. Atualmente Sizzla tem 21 álbuns listados na “Billboard’s Top Reggae Albums”, e o álbum “Words Of Truth” está na posição de No. 5 na lista. 

Sizzla lançou nesse período mais de 45 albuns solo e mais de 15 albuns combinados com outros musicos, passando por diferentes gêneros do reggae. No mesmo período ele iniciou os trabalhos com seu selo próprio “Kalonji Records” junto com Damon Dash Music Group e Koch Records, lançando “Black History” e “Life”. 

Sizzla, junto com outros músicos como Capleton, Buju Banton e Anthony B, foram dos primeiros a criar um novo movimento que promovia e redescobria os valores rastafaris no reggae contemporâneo, com letras que primeiramente levavam a ascensão espiritual e a consciência social. Os temas eram como a Babilônia e seu sistema corrupto manipulavam as pessoas, a decadência dos jovens no gueto, a opressão contra o negro, a fé em JAH e o levante contra agentes perseguidores e da opressão. 

Nos anos seguintes, Sizzla ganhou reputação como homofóbico ao cantar letras “anti-gays” em diversos singles [leia mais sobre o tema no texto “A Controvérsia do Fya Burn”], que mostrava seu ponto de vista e dos Bobo Shantis. Essas letras fizeram com que diversas shows internacionais fossem cancelados. Em 2004, Sizzla foi proibido de entrar no Reino Unido para realizar shows. A força “Metropolitan Police’s Racial and Violent Crimes” [ Policia Metropolitana de Crimes Violentos e Raciais] investigou letras de artistas como Beenie Man, Elephant Man, Bounty Killer e diversos outros musicos do reggae depois de uma campanha do grupo LGBT “OutRage!” da Inglaterra. A Scotland Yard também analisou letras de oito artistas do reggae, mas não confirmou na época que Sizzla era um deles. Apos diversos questionamentos, o escritório deles (Scotland Yard) se pronunciou dizendo; “Não discutimos a situação da imigração individual com uma terceira parte”. 

O grupo “OutRage!” alegou que Sizzla fazia apologia a violência em suas musicas contra pessoas LGBT’s. Em 2007, os show de Sizzla em Toronto e Montreal foram cancelados após protestos do grupo “Stop Murder Music” no Canadá. A musica de Sizzla chamada “Nah Apologize” gravada em 2004 dava uma apontada de dedo em alguns grupos e lideres gays. Em 2008 seu visto foi cancelado na Alemanha apos metade da turnê e foi mandado de volta aos EUA. Sizzla manteve sua postura em todos os momentos, usando como artista seu direito de criar e expressar seu discurso de forma livre. Muitos se esqueceram de outras musicas de Sizzla contra a opressão ea injustiça e se concentraram somente nas letras contra o homossexualismo. 

Em 2009 e 2010 outros shows foram cancelados apos protestos públicos. Nesse ano de 2012, já foram canceladosshows na Espanha, Bélgica, Suíça apos protestos contra a presença de Sizzla. A produtora de Sizzla – Kalonji Muzik fez um declaração apos o cancelamento dos shows diznedo que obedece as leis de todos os países para que os shows aconteçam e de forma alguma faz apologia ou tenta incitar as pessoas a violência contra qualquer outra pessoa. A turnê de Sizzla continuou com alguns cancelamentos e em outras 16 cidades da Europa os ingressos foram completamente esgotados. Apos tantos cancelamentos Sizzla ainda lançou outras letras anti-homossexualismo como “Murder Dem” no festival “St. Mary Mi Come From” em Anotto Bay. 

Ano passado (2011) Sizzla sofreu um acidente grave de motocicleta em Mount Salem Road em St. Anns Bay, com algumas matérias dizendo que Sizzla havia falecido. Apos os rumores, Sizzla se apresentou e continou produzindo. 

Alem da musica, um dos trabalhos mais interessantes de Sizzla foi com o Judgment Yard, que se estabeleceu como um trabalho comunitário em August Town no subúrbio de Kingston na Jamaica. O Judgment Yard se tornou uma organização de apoio aos jovens e também uma das casas de Sizzla. Alem de residência, Sizzla fundou no Judgment Yard seu selo – Kalonji Records e seu estúdio próprio. Diversos jovens vem de outros lugares para o Judgement Yard para buscar alem da musica, assistência e orientação. Sizzla se tornou uma influencia para muitos jovens não só na Jamaica, e muitos dos jovens membros do Judgment Yard acabaram por se tornar musicos, tocando não só com Sizzla, mas também em diversos outros grupos e bandas. O J.Y. acabou por se tornar uma fundação de apoio, contando com diversos musicos e minimizando a aflição de muitos jovens pobres das comunidades vizinhas. A formação desses jovens alem da musica vai para trabalhos de produção e artísticos. Sizzla já gravou e lançou diversos artistas do J.Y. como Joseph Shepherd e Bobo David.

Abaixo seguem duas mixtapes muito boas de Sizzla, a primeira com produzida pela crew Million Vibes a segunda uma pérola de Sizzla junto com Caveman International Sound System. Ambas free download, aproveite.






SIZZLA KALONJI @ FYASHOP




































       
DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI NO SITE

DISQUS NO FYADUB | FYASHOP

O FYADUB | FYASHOP disponibiliza este espaço para comentários e discussões das publicações apresentadas neste espaço. Por favor respeite e siga o bom senso para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas... PS. DEUS ESTÁ VENDO!